Em jogo movimentado, Fluminense e Grêmio ficam no empate

Depois de ter Ramiro expulso de campo no primeiro tempo, tricolor gaúcho saiu na frente, mas viu a equipe carioca empatar na etapa final

Em jogo movimentado, Fluminense e Grêmio ficam no empate
Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C.
Fluminense
1 1
Grêmio
Fluminense: DIEGO CAVALIERI, JONATHAN, GUM, HENRIQUE E GIOVANNI; EDSON, DOUGLAS(Magno Alves), CÍCERO, GUSTAVO SCARPA E MARANHÃO(Marcos Jr); RICHARLISON.
Grêmio: BRUNO GRASSI, EDILSON, PEDRO GEROMEL, WALLACE E MARCELO HERMES; MAICON, RAMIRO, GIULIANO E DOUGLAS(Bressan); EVERTON(Léo Tilica) E BOBÔ(Jailton).
Placar: 0-1, min. 40, Marcelo Hermes. 1-1, min. 74, Marcos Jr

Fluminense e Grêmio entraram em campo nesse sábado (11), pela sétima rodada do campeonato brasileiro com desfalques importantes dos dois lados. O tricolor carioca fez seu primeiro jogo sem o seu ídolo Fred, negociado com o Atlético-MG essa semana. Já o Grêmio não contou com o seu destaque no campeonato, o atacante Luan, suspenso por três cartões amarelos.

O substituto de Fred escolhido por Levir Culpi foi o jovem Richarlison de 19 anos. O Fluminense também contou com a estréia do meia Maranhão, recém chegado da Chapecoense. Já do lado do Grêmio quem assumiu a vaga de Luan no ataque foi o experiente Bobô. 

Na próxima rodada, a oitava de 38, as equipes voltam a campo. Na quarta-feira (15), o time de Roger Machado vai até Santa Catarina enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá às 19h30. O Fluminense jogará com mando de campo a seu favor, mas duelo será em Brasília no Mané Garrincha contra o Corinthians, na quinta-feira (16) às 20h.

Mesmo com um expulso, tricolor gaúcho saiu na frente

O jogo começou com um Fluminense mais solto, logo de cara Scarpa aplicou um lençol no meio campo e levantou a torcida em Volta Redonda. Minutos depois, o mesmo Scarpa lançou Richarlison que infiltrou na área e bateu cruzado com perigo ao gol de Bruno Grassi.

Só aos dez minutos o Grêmio chegou com perigo pela primeira vez, quando Bobô recebeu e bateu para defesa tranquila de Cavalieri. O tricolor carioca seguia em cima e contava com um Maranhão solto com boa movimentação que serviu Douglas na entrada da área que chutou para fora.

Aos 18 novamente Richarlison da dois dribles e chuta para boa defesa do arqueiro gremista. Aos 23 outra boa chance do Fluminense, Cicero recebe bom passe de frente para o gol mas finaliza fraco em cima de Bruno Grassi. Nos 25, a primeira polêmica da partida, quando Edilson chuta de fora da área e Henrique bota a mão na bola dentro da área. Juiz mandou seguir o lance, o que gerou grande revolta dos jogadores gremistas.

Aos 33 mais uma polêmica, Wellington Silva da carrinho por trás em Edilson e fica com a bola, o juiz manda seguir o lance. Logo após isso, Ramiro ofende o árbitro e é expulso de campo. Na confusão Maicon também recebeu cartão amarelo por reclamação. Mesmo com 10 em campo, o Grêmio foi para cima, e aos 35 inaugurou o marcador. Bobô deu belo passe para Marcelo Hermes, que entrou na área e deu um toque por cima e Cavalieri para fazer um a zero para o tricolor gaúcho.

O Fluminense ainda teve duas boas chances no primeiro tempo, aos 42 num chute cruzado de Richarlison que Bruno Grassi defendeu, e aos 46 em chute de primeira de Scarpa de fora da área.

Pressão total do Fluminense na segunda etapa teve sucesso com gol de Marcos Jr.

No segundo tempo o tricolor carioca veio com Marcos Jr no lugar de Maranhão. Fluminense pressionava o Grêmio em busca do empate, mas parecia esquecer que não tinha mais Fred, e cruzava uma bola atrás da outra na área, sem nenhum atacante aproveitar. Marcos Jr se destacava pelo lado do Fluminense, com muita raça buscando o gol, já o Grêmio jogava atrás da linha da bola esperando um contra-ataque para matar o jogo.

Levir deixou o time mais ofensivo ainda colocando Magno Alves no lugar de Douglas, e o Roger em contra-partida fechou ainda mais o imortal tirando Bobô e botando Jaílton. O Fluminense seguiu pressionando o Grêmio até que o gol saiu. Aos 30 minutos da etapa complementar, Scarpa serviu Marcos Jr na área, que dominou no peito e soltou a bomba cruzada sem chances para Bruno Grassi, empatando a partida.

Dali para frente foi só pressão do Fluminense, que quase virou o jogo aos 31 em mais um chute de Marcos Jr. Aos 37, Edilson deixou as travas da chuteira nas costas do autor do gol do tricolor carioca, que ficou revoltado em campo e recebeu cartão amarelo. Aos 41 mais uma boa chance do Flu, quando Scarpa cruzou na área, Magno Alves desviou de cabeça e Edson por centimetros não conseguiu fazer o gol da virada.

O Fluminense seguiu na pressão pela virada até os 50 minutos, quando o árbitro encerrou o jogo e deu números finais a partida. O jogo teve um público de 3.636 torcedores, com 2.467 pagantes, para uma rende de $ 63.050,00. Empate deixa o Fluminense na nona posição com dez pontos. Já o Grêmio, por sua vez, permanece na vice-liderança do Brasileirão, com 14.