Mirando G-6, Fluminense encara Vitória no Maracanã

Equipes não vencem há quatro rodadas e brigam por objetivos diferentes

Mirando G-6, Fluminense encara Vitória no Maracanã
(Foto: Fluminense / Divulgação)
Fluminense
Vitória
Fluminense: Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e Giovanni; Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington e Richarlison. Técnico: Levir Culpi
Vitória: Fernando Miguel; Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Euller; Amaral, Willian Farias, Marcelo e Cárdenas; Marinho e Kieza. Técnico: Argel Fucks
ÁRBITRO: Nielson Nogueira Dias (PE), auxiliado por Marcelino Castro de Nazare (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 33ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2016, JOGO A SER REALIZADO NO ESTÁDIO DO MARACANÃ, NO RIO DE JANEIRO, ÀS 19H30 (DE BRASÍLIA)

Em jogo marcado pelo reencontro da torcida tricolor com o 'Templo do Futebol', Fluminense e Vitória se enfrentam nesta sexta-feira (28), às 19h30 (horário de Brasília), no Maracanã. Em nono com 47 pontos, o Tricolor não atravessa um bom momento no Brasileirão – vem de quatro jogos sem vencer – e precisa de uma vitória para poder voltar a sonhar com o G-6. Na equipe baiana, a situação é mais difícil. O Vitória também não vence há quatro rodadas e é o primeiro time da zona de rebaixamento – 17º colocado com 35 pontos.

O último confronto entre as equipes foi no primeiro turno do Brasileirão. Pela 14ª rodada, Fluminense e Vitória não saíram do 0 a 0. O grande destaque da partida foi o goleiro Diego Cavalieri, com ao menos cinco defesas difíceis.

No histórico de confrontos pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense leva vantagem sobre o Vitória. Ao todo, foram 34 jogos, com 14 vitórias do tricolor, 11 empates e 9 vitórias do rubro-negro. O clube carioca também marcou mais gols: 48 contra 38. Entretanto, o Flu não vence o time baiano há cinco jogos – três derrotas e dois empates. Nas vezes em que foi derrotado, duas aconteceram em pleno Maracanã.

Mistério na escalação do Fluminense

O técnico Levir vem fechando os treinos do Fluminense e mantendo segredo sobre qual time escalará para a partida contra o Vitória. Nesta quinta-feira (27), o Tricolor encerrou a preparação para o confronto de sexta-feira sem pistas sobre a escalação. O treino foi realizado no Maracanã, para reconhecimento do gramado.

Sem poder contar com Diego Cavalieri, Renato Chaves e William Matheus - os três em processo de recuperação de lesão -, a tendência é que Levir não modifique a equipe e escale o time com: Júlio César; Wellington Silva, Gum, Henrique e Giovanni; Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington e Richarlison.

Apesar da fase não muito boa do time, o jogo de sexta-feira terá um gostinho especial para a torcida. A última partida do Flu no Maracanã foi há exatos 11 meses, no dia 28 de novembro de 2015. Na ocasião, o Tricolor empatou com o Internacional por 1 a 1 e Cícero marcou o gol, de pênalti. A volta ao estádio anima o capitão Gum.

“O Maracanã é um estádio que a torcida gosta, que o clube tem história. Seria muito importante ter esse apoio em massa no Maraca na reta final da temporada”, afirmou o zagueiro.

Em caso de vitória, o Fluminense dormirá no G-6. Para permanecer, o carioca precisará torcer contra Corinthians, Atlético-PR e Grêmio, que jogam no sábado.

Marinho volta a treinar com bola e retornará contra o ex-clube

Com quatro derrotas nas últimas cinco partidas, o Vitória busca reação no Campeonato Brasileiro contra o Fluminense. Para conseguir derrotar a equipe carioca, o Vitória precisa ir com força total para o Maracanã.

O técnico Argel Fucks contará com o retorno do ex-tricolor Marinho. Revelado nas divisões de base do Fluminense, o atacante estava fora há três jogos devido a uma lesão muscular. Apesar da volta de Marinho, Argel terá dois problemas: Zé Love e José Welison levaram o terceiro cartão amarelo na última partida e desfalcarão o time rubro-negro.

O volante Marcelo acredita que vai ser fundamental para o Vitória parar o melhor jogador do Fluminense, Gustavo Scarpa. “O Fluminense tem uma grande equipe, não à toa que está brigando lá em cima. Estamos trabalhando forte para ir ao Maracanã e tentar vencer. Sabemos dos pontos ofensivos do time do Fluminense. O Scarpa é muito rápido, sabe concluir em gol. Então vamos tentar anular ele e sair no contra-ataque para vencer no Maracanã”, concluiu.

Em caso de vitória, o time rubro-negro precisará torcer contra Sport, Internacional e Coritiba, para então assim conseguir sair do Z-4.