Há sete anos, Fluminense dava início a heroica arrancada do Time de Guerreiros; relembre

Contra o Cruzeiro, o Flu deu início à campanha do Time de Guerreiros

Há sete anos, Fluminense dava início a heroica arrancada do Time de Guerreiros; relembre
Foto: Fluminense F.C
Cruzeiro
2 3
Fluminense
Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Gil, Thiago Heleno (Fernandinho) e Diego Renan; Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná e Gilberto; Guerrón (Leandro Lima) e Wellington Paulista (Eliandro) Técnico: Adilson Batista
Fluminense : Fluminense Fernando Henrique; Mariano, Gum, Dalton e Dieguinho (Urrutia); Diogo, Diguinho (Digão), González (Tarta) Conca; Maicon e Fred Técnico: Cuca
Placar: Gols: Jonathan, aos 13min, Wellington Paulista, aos 30min do primeiro tempo; Gum, aos 10min, Fred, aos 13min e 26min do segundo tempo
ÁRBITRO: Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF) Auxiliares: Enio Ferreira de Carvalho (DF) e César Augusto de Oliveira Vaz (DF)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2009

2009. Ano marcante para os tricolores. A campanha heroica que deu início ao Time de Guerreiros, comandado por Cuca, ainda é viva na memória. Segundo os matemáticos, o Flu tinha 99% de chance de rebaixamento. Com o famoso gol de Marquinho - hoje, de volta ao Fluminense -, diante do Coritiba, o Tricolor das Laranjeiras se salvou. Mas, poucos lembram da partida que iniciou a saga. Foi diante do Cruzeiro, no Mineirão. E a VAVEL recorda os principais lances do duelo. 

A partida era de suma importância para o Fluminense, que ocupava por um bom tempo a lanterna do Campeonato Brasileiro. Mas, por sua vez, o Cruzeiro vinha embalado após cinco vitórias seguidas e, com o Mineirão lotado, tudo indicava seu favoritismo. Indicava. Ovacionado pela pela torcida cruzeirense antes da partida, o atacante Fred, que já vestiu a camisa celeste, marcou dois gols e comandou a vitória por 3 a 2 do Tricolor Carioca, mantendo a equipe viva na briga pela tão sonhada e improvável fuga da Série B. 

O primeiro tempo da partida foi o esperado. O Cruzeiro, muito superior abriu 2 a 0. Mas poderia ter sido mais. O Fluminense foi facilmente envolvido pelo time mineiro. O  Cruzeiro abriu o placar aos 13min com Jonathan, que recebeu de Gilberto e bateu forte na saída de Fernando Henrique. Cinco minutos depois, o segundo gol.  Wellington Paulista recebeu na área, cortou o zagueiro Gum e bateu na saída de Fernando Henrique. Fabrício teve a chance de ampliar aos 34min, mas o chute forte parou na trave.

Mas, no segundo tempo, a história mudou. Com duas alterações - saíram Diguinho e González e entraram Digão e Tarta -, o Flu voltou melhor, e literalmente, com um Time de Guerreiros em campo, virou a partida.  O zagueiro Gum aproveitou uma sobra na área e diminuiu aos 10min. Em seguida, Fred - que defendeu o Cruzeiro entre 2004 e 2005 e teve seu nome gritado pela torcida antes da partida - entrou em ação. Aos 13min, ele recebeu na área e bateu cruzado para empatar. Depois de boa jogada de Maicon pela direita, o atacante virou o jogos aos 26min, mas, em respeito à torcida celeste, não comemorou os gols.

A partida deu início à campanha heroica daquele time comandado pelo técnico Cuca, que até hoje é vivo na mmemória de todos os tricolores e relembrada nos estádios com o grito de "Time de Guerreiros" em referência a 2009. No próximo domingo (6), pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor enfrentará novamente o Cruzeiro no Mineirão, o mesmo adversário e o mesmo palco da heroica vitória de 2009.