Fluminense vence o Atlético-PR e conquista a Primeira Liga; relembre

A Vavel Brasil relembra o título tricolor conquistado sobre o Atlético Paranaense

Fluminense vence o Atlético-PR e conquista a Primeira Liga; relembre
Foto: Mailson Santata/ Fluminense FC

Em meio às discussões sobre os Campeonatos Estaduais, neste ano, foi realizada a primeira edição da Copa da Primeira Liga onde Fluminense e Atlético Paranaense protagonizaram a decisão. A partida foi realizada em Juíz de Fora e o time carioca viu u sua torcida encher o estádio Radialista Mario Helênio parecendo premeditar o fim do jejum. Aos 35 minutos, após sair do banco, Marcos Junior entrou para história do torneio ao marcar o gol do título para o Tricolor. 

Primeiro tempo lá e cá

Os primeiros 45 minutos foram bastante equilibrados com uma pequena vantagem tricolor, que aproveitava a falha no sistema defensivo do Atlético e ficava com a bola sempre no campo de ataque. No entanto, as chances não foram muitas. Apenas duas ou três vezes o Flu levou perigo à meta defendida por Wewerton. 

Na metade da primeira etapa, a equipe paranaense equilibrou o jogo e poderia ter ido em vantagem para o intervalo. Mas as boas chances do rubro negro pararam em Diego Cavalieri. Aos 31, Eduardo chutou da entrada da área e a bola passou rente à trave. Seis minutos depois, Vinícius carimbou o travessão do goleiro tricolor. 

Segundo tempo respeitoso 

O equilíbrio visto na primeira etapa da partida continuou no segundo tempo. A primeira boa chance da etapa final foi do Fluminense. Aos seis, Magno Alves recebeu de Scarpa, invadiu a área, driblou Weverton, mas o chute parou em Osvaldo. O segundo tempo permaneceu morno e respeitoso. Mas, Marcos Júnior ganhou da marcação e tocou na saída de Weverton, por debaixo das pernas do goleiro, para fazer aquele que seria o gol do título do Fluminense na primeira edição da Primeira Liga.

"Sempre sonhei em fazer o gol em uma final, ainda mais no Fluminense, onde eu cresci. Quando eu vi aquela bola, dei meu último gás e graças a Deus pude ajudar minha equipe a ser campeã", declarou Marcos Junior, autor do gol do título tricolor. 

Fim do jejum 

Diego Cavalieri, um dos jogadores mais antigos no elenco do Fluminense, após a partida falou sobre o jejum de títulos que perdurava por quatro anos. 

"A gente sabe que o clube passou alguns anos com final da Libertadores em 2008, em 2009 aquela arrancada que escapou, 2010 um título, 2011 brigou em cima, 2012 campeão, então é um time de massa, é time de tradição, uma camisa de peso, importante no cenário mundial. Já eram quatro anos sem conquistas, vai trazendo um pouco de cobrança. Claro que a gente quer ser campeão, trabalha para isso. E hoje é só agradecer a Deus por esta conquista importante", disse.