Pedro Antonio se diz ofendido com acusações e defende Abad: "É o melhor"

Responsável pela construção do CT do Fluminense foi acusado de ser remunerado e que é 'raposa no galinheiro'

Pedro Antonio se diz ofendido com acusações e defende Abad: "É o melhor"
(Foto: Divulgação/Fluminense)

O clima de eleição toma conta do Fluminense. Na última sexta-feira (18) aconteceu o debate presidencial, realizado pelo portal NETFLU, e os candidatos Celso Barros, Mário Bittencourt e Pedro Abad marcaram presença. No próximo sábado (26), será decidido o futuro presidente do clube.

Pedro Antonio, principal responsável pela construção do CT do Fluminense, está apoiando o candidato Pedro Abad e esteve presente no debate. Mas o que ele viu no debate foram constantes ataques de Mário Bittencourt e Celso Barros ao seu candidato e, por diversas vezes, acabou tendo seu nome citado entre os argumentos.

"Me sinto ofendido como pessoa, à minha integridade e inclusive com as mentiras que tentam apontar e dar a entender ao público. Tenho contrato com o Fluminense que me autoriza a gastar, é público, não tem cláusula de confidencialidade, não é um contrato secreto. É de conhecimento de todo o conselho deliberativo e fiscal do clube", explicou.

Celso Barros fez críticas à Pedro Antônio em relação aos gastos financeiros das obras do CT. Em contrapartida, Pedro se defendeu afirmando que o candidato precisava se informar mais e disse estar a disposição para análise dos documentos e gastos.

"Celso precisa aparecer nas Laranjeiras para se informar. O vice dele é frequentador das obras, acompanha, tem as informações e tem feito comentários. Se quiser analisar detalhadamente cada documento e cada centavo gasto, estou a disposição. Interessante que ele critica o CT com despesa operacionais, mas visitou e me disse textualmente que se arrepende de não construir uma obra dessas, que gastaria menos com jogadores. Ele deveria respeitar mais o Fluminense, não precisa disso para ganhar eleição", afirmou.

Mais uma vez o candidato Pedro Abad sofreu constantes ataques no debate, assim como foi no debate da Rádio Globo quando sofreu críticas até mesmo de Cacá Cardoso, que dois dias depois uniu a chapa. Pedro Antônio, que apoia o Abad, diz entender as críticas de Cacá e defendeu seu candidato.

"Houve ataque sim (do Cacá em cima do Abad), mas foi em busca de votos. Tenho que tirar o chapéu ao Abad nessa campanha. Não está tirando nada de ninguém. Os outros só querem saber de atacar para tirar os votos dele, tirar a qualidade dele. Não tem que tirar nada de ninguém. O objetivo não é esse. O eleitor não quer saber isso, quer saber o que será (do Fluminense). Convivi muito com Mário, Abad, Cacá e Celso. Porém, conhecendo todos eles, acho que o Abad é o mais qualificado, é o melhor", afirmou.