Renato Portaluppi fala em “acidente de trabalho” após a derrota para o Santos

O treinador gremista lamentou as chances desperdiçadas, sobretudo no 2º tempo, que foram determinantes para que o Grêmio não saísse com um melhor resultado da Vila Belmiro. Também em entrevista coletiva falou o centroavante Hernán Barcos

Renato Portaluppi fala em “acidente de trabalho” após a derrota para o Santos
O atacante Barcos falou sobre o jogo e as chances desperdiçadas que contribuiram para a derrota gremista (foto: Reprodução / Agência RBS)

O Grêmio foi punido pela ineficiência ofensiva na noite desta quarta-feira (21) em Santos. Ao menos este é o consenso entre os integrantes da delegação gremista que falaram após o jogo. O técnico foi o primeiro a dar entrevista coletiva e foi utilizou expressões como “a bola pune” e que errar os gols que foram desperdiçados foi uma "fatalidade". Renato também elogiou a postura da equipe: “Eu gostei da minha equipe, minha equipe lutou, minha equipe brigou. Nós tivemos várias oportunidades claras de gol, infelizmente a bola não entrou”.

Após as explicações sobre o jogo, Portaluppi foi questionado sobre o jogo de volta, mas preferiu deixar a revanche em segundo plano, priorizando o jogo contra o Flamengo, no próximo sábado (24), pelo Brasileirão: “Eu não vou pensar no jogo da volta, é degrau a degrau. Agora é Campeonato Brasileiro. A partir de amanhã (quinta) vamos pensar no Flamengo, depois, a partir do domingo, passamos a pensar no Santos. (...) Tenho que pensar com os jogadores que estão aqui, tenho que pensar nesse grupo”.

Depois foi a vez de Hernán Barcos, que desperdiçou uma das 3 chances claras que o time perdeu na etapa complementar, quem deu entrevista coletiva, e falou sobre o lance: “De fora tudo parece fácil, achei que estava fácil para cabecear, e aí errei. (...) Temos que seguir trabalhando, não podemos baixar a cabeça”. Apesar do resultado negativo, o argentino ressaltou o espírito de união do grupo e voltou a falar que o elenco está fechado e feliz com o desempenho.

O jogo de volta contra o Santos está marcado para a próxima quarta-feira (28), às 21h50, na Arena do Grêmio. O time gaúcho precisa vencer por 2 ou mais gols de diferença para se classificar às quartas-de-final da Copa do Brasil. Vitória por 1 a 0 leva a decisão para as penalidades máximas. Antes disto o Tricolor enfrenta o Flamengo às 18h30 do sábado (24), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.