Marco Ruben decide novamente e Rosario Central elimina Grêmio nas oitavas da Libertadores

Carrasco gremista fez dois na vitória dos argentinos, que eliminaram o Tricolor gaúcho, pela terceira vez consecutiva nas oitavas de finais

Marco Ruben decide novamente e Rosario Central elimina Grêmio nas oitavas da Libertadores
Rosario enfrenta Atlético Nacional nas quartas da Libertadores (Foto: Getty Images(
Rosario Central
3 0
Grêmio
Rosario Central: Sosa; Salazar, Donatti, Burgos e Pinola; Montoya (Alvárez), Musto, Cervi e Fernández; Herrera e Marco Ruben (Lo Celso).
Grêmio : Marcelo Grohe; Ramiro, Geromel, Fred e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas (Pedro Rocha) e Luan; Bolaños (Bobô).
Placar: 1-0, min.4, Marco Rubén. 2-0, min.23, Marco Rubén. 3-0, min.12/2T, Donatti
INCIDENCIAS: Jogo válido pelo confronto de volta das oitavas de finais da Libertadores da América 2016, disputado no estádio Gigante de Arroyito, em Rosario, na Argentina

Pela terceira vez nos últimos três anos, o Grêmio foi eliminado nas oitavas da Libertadores da América. Diante do Rosario Central, na Argentina, o Tricolor gaúcho precisava vencer no Gigante de Arroyito para reverter o placar de ida, 1 a 0, em Porto Alegre. Porém, os brasileiros esbarraram no bom time Canalla, que venceu a partida por 3 a 0 e classificou-se às quartas.

Carrasco nos dois jogos, Marco Ruben marcou logo aos quatro minutos, dando larga vantagem no placar agregado. 20 minutos depois, Marcelo Hermes cometeu pênalti em Cervi. Na bola, Ruben, novamente, marcou. Já na segunda etapa, Donatti, de cabeça, fechou o placar. 3 a 0, sob o olé da torcida canalla.

Fora do Campeonato Gaúcho, o Grêmio foca na estreia no Brasileirão, diante do Corinthians. Já o Rosario enfrente o Atlético Nacional, melhor time na pontuação geral da competição, nas quartas de final da Libertadores.

Marco Ruben decide novamente e faz mais dois gols

Caldeirão. Este era o ambiente do Gigante de Arroyito, na Argentina. Muita festa dos torcedores canallas e pressão em cima do Grêmio. Entretanto, os tricolores não se amedrontaram com a hostilidade dos adversários. A primeira oportunidade foi gremista, quando Bolaños fez boa jogada na direita, mas cruzou nas mãos do goleiro Sosa.

Marco Ruben desviou cruzamento e mandou para o fundo das redes (Foto: Getty Images)
Marco Ruben desviou cruzamento e mandou para o fundo das redes (Foto: Getty Images)

Mas, aos quatro, no primeiro ataque dos Canallas, o gol: Marco Rubén apareceu nas costas de Fred, desviou o cruzamento de Montoya e manda para o fundo das redes; Grohe ainda tocou na bola, mas não e evitou o gol dos argentinos.

Em desvantagem e precisando de dois gols, o Tricolor gaúcho não sentiu tanto o gol. Era o Grêmio quem tocava a bola a tinha a iniciativa do jogo. Miller abria muito espaço na direita, e por lá os visitantes chegavam. Aos 18, Ramiro cruzou na cabeça de Giuliano, que mandou no ângulo, para uma ótima defesa do goleiro Sosa

Com 22 minutos, Cervi fez grande jogada dentro da área e Marcelo Hermes cometeu pênalti no camisa 10 argentino. Na bola, Marco Rubén chutou no ângulo direito de Marcelo Grohe e converteu o seu terceiro gol no mata-mata. 2 a 0 para o Rosario. 

Após mais um gol, os mandantes recuaram, e o Grêmio aproveitou para ter mais posse de bola e dominar as ações do jogo, mas, sem criatividade, o tricolor não conseguia furar o bloqueio argentino. Luan e Ramiro eram quem mais tentavam pelos lados. Aos 35, Fred cobrou falta com perigo, mas Sosa, novamente, defendeu. 

Já no final da segunda etapa, Luan fez ótima jogada na esquerda, a bola sobrou para Marcelo Hermes, dentro da área, chutar com muito perigo para o gol de Sosa. O 2 a 0 seguiu no placar, junto com o fim da primeira etapa. 

Rosario domina, faz o terceiro e confirma classificação 

A segunda etapa começou truncada. Muita marcação e o Tricolor precisava de três gols para se classificar. Aos oito minutos, Bolaños rolou para Walace, que tentou o chute de longe, mas a bola fez uma curva para fora. O Rosario se defendia bem, fazendo com que o Grêmio forçasse erros de passes. O Central respondeu, três minutos depois, com um chute perigoso de Fernández, à esquerda de Grohe. 

Em cobrança de escanteio, o terceiro gol: Cervi botou na cabeça de Donatti, que mandou para o fundo das redes e selou a eliminação gremista. 3 a 0 e o Tricolor precisava marcar quatro. 

Dessa vez, os gaúchos sentiram o terceiro gol, Com isso, os Canallas dominaram o jogo por completo. Quase chegando ao quarto gol, com Rubén, em chute dentro da área, por cima do gol. O técnico Roger, desolado, ficava na beira do campo, assistindo de perto a eliminação.

Donatti marcou o terceiro e confirmou a classificação Canalla às quartas (Foto: Getty Images)
Donatti marcou o terceiro e confirmou a classificação Canalla às quartas (Foto: Getty Images)

Com 27 minutos no relógio, Marcelo Grohe foi afastar uma bola, dividiu com Herrera, que ganhou do goleiro. A bola sobrou para Marco Ruben, que com o gol vazio, tentou dar o gol para o ex-gremista, mas Walace afastou de cabeça. 

Na primeira chegada com perigo dos visitantes, Maicon tabelou com Bobô, saiu na cara do gol e finalizou, para outra defesa do goleiro Sosa. No meio da área, Luan e Pedro Rocha reclamaram com o capitão gremista pela ausência do cruzamento.

O Grêmio se via impotente. O Rosario administrava o placar e aumentava o ritmo quando queria. Sob o 'Olé' da torcida Canalla, o time mandante tocava a bola com facilidade. Sem acréscimos, o árbitro encerrou a partida e sacramentou a terceira eliminação gremista em oitavas de finais, pelo terceiro ano seguido.