Improdutivo: Grêmio encaminha rescisão de contrato de atacante Braian Rodríguez

Atacante uruguaio estava fora dos planos do clube gaúcho na temporada

Improdutivo: Grêmio encaminha rescisão de contrato de atacante Braian Rodríguez
Braian fez apenas dois gols com a camisa tricolor (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

O Grêmio encaminha a saída definitiva do atacante uruguaio Braian Rodríguez. Improdutivo no Tricolor, o atleta acerta sua saída até o final desta semana. Segundo jornal gaúcho, o empresário de Braian, Gustavo Debeza se encontra em Porto Alegre e se reúne com advogado gremista para acertar a rescisão.

Braian Rodríguez está sob empréstimo ao Grêmio até o final do mês, mas está situado fora dos planos do clube há um bom tempo. O uruguaio chegou ao clube após atuações de destaque pelo Huachipato na Libertadores de 2013. No clube chileno, o único grande momento na carreira, com 32 gols em 63 jogos, média superior a um gol a cada duas partidas. Chegou a interessar a outros clubes brasileiros, mas veio à capital gaúcha.

No Tricolor Porto-Alegrense, foram 28 jogos, apenas dois gols e duas assistências. Ainda sofreu seis cartões amarelos. O baixo rendimento rendeu vaias, críticas e deboches virtuais.

Dentre as opções ofensivas do Tricolor, Braian nem no banco passou a figurar e foi nulo em 2016. Sua condição de empréstimo é pelo Real Bétis, da Espanha, e o uruguaio e o empresário definirão seu futuro com o clube espanhol.

Outro jogador que deixa o Grêmio esta semana é Edinho. Acertada a troca entre ele e Negueba, entre as diretorias do Tricolor e do Coritiba, o volante se despede com 75 jogos disputados e os mesmos aproveitamentos de Braian quanto ao número de gols (2) e assistências (2).

Negueba chega para encorpar o elenco tricolor na trajetória no Campeonato Brasileiro, pois, assim como o zagueiro Wallace, não pode mais disputar a Copa do Brasil.

O Grêmio volta a campo no Brasileirão neste sábado (11), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, diante do Fluminense, às 18h30. Uma vitória pode servir pela manutenção das primeiras colocações ou até de uma liderança isolada.