Roger treina bola aérea no Grêmio e elogia Cruzeiro de Paulo Bento: ''Time muito organizado"

Treinador tem problemas na lateral-direita, além de precisar resolver as falhas defensivas

Roger treina bola aérea no Grêmio e elogia Cruzeiro de Paulo Bento: ''Time muito organizado"
Foto: Divulgação/ Grêmio

Com pouco tempo para treinar até a partida de domingo (19), diante do Cruzeiro, pela 9° rodada do Campeonato Brasileiro, Roger já está estudando o adversário, além de estar preocupado com a bola aérea, que promoveu quatro dos oito gols sofridos pelo Grêmio na competição. 

LEIA MAIS: Roger Machado descarta Corinthians e confirma permanência no Grêmio

A proposta negada para o Corinthians foi o 'dia do fico' para o treinador. Mas, voltando a realidade, ele terá trabalho para arrumar sua defesa, que tem sido o ponto fraco da equipe. Contra o Palmeiras, foram quatro gols sofridos; em Chapecó, três. Além disso, Roger não terá Edílson, suspenso. 

O treino desta tarde não indicou muita coisa para o próximo confronto, já que alguns titulares que jogaram diante da Chapecoense não realizaram a atividade de posse de bola no CT Luiz Carvalho. O substituto de Edílson na lateral-direita ainda é incerto. Marcelo Oliveira e Ramiro voltaram a treinar, embora encerraram mais cedo. 

Os goleiros, por sua vez, fizeram um treinamento de bola aérea  com saídas de gol, simulando situações de jogo. Tricolor já tomou quatro dos oito gols sofridos vindos do alto. Se o ataque vem funcionando bem com 14 gols, a defesa é o ponto fraco do time gremista. 

Na entrevista coletiva após o término das atividades, o comandante falou sobre suas opções na lateral direita: "Tenho a opção do Ramiro, obviamente, que já atuou ali. E tenho o retorno do Wallace Oliveira que volta esta semana, ainda vou decidir, mas é bem provável, pelo retorno precoce do Wallace, que utilize o Ramiro", afirmou.

Por fim, Roger analisou o Cruzeiro, adversário de domingo (19), na Arena: "Dá pra ver do Cruzeiro de Paulo Bento, já que muita coisa do seu jogo já apareceu, é um time bastante organizado, jogando com as linhas muito próximas, seja quando tá defendendo ou dentro do campo do adversário, com bastante troca de passes. Talvez dentro de casa, propor mais o jogo e o adversário fazer um jogo mais reativo nos da um controle maior da partida", concluiu. 

Titulares correram pelo campo (Foto: Divulgação/Grêmio)
Titulares correram pelo campo (Foto: Divulgação/Grêmio)