Everton festeja gol da classificação:"Senti que ia fazer gol"

Garoto entrou na segunda etapa, sofreu a falta que expulsou Allione e marcou o gol do empate, classificando o Grêmio para a próxima fase

Everton festeja gol da classificação:"Senti que ia fazer gol"
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Na última partida do Grêmio pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (16), o atacante Everton viria a ser o destaque do time diante do Santos, na Vila Belmiro. Autor do gol que garantiu o empate diante do peixe — mesmo o tricolor estando com o time reserva —, o atacante mostrou para Renato Portaluppi que estava recuperado de lesão e apto para a decisão diante do Palmeiras, pelas quartas de final da Copa do Brasil. E de fato estava.

O jovem de 20 anos entrou no segundo tempo, quando substituiu Pedro Rocha, recebeu a falta do meio campista palmeirense Allione, que resultou na expulsão, e de quebra marcou o gol de empate, garantindo a classificação do tricolor gaúcho. Após a partida, o garoto comentou o momento do jogo que contribuiu para que o resultado positivo acontecesse: "Quando eu vi a expulsão eu sabia que a nossa equipe ia crescer automaticamente dentro do jogo, né. Eles com um jogador a menos e na frente do placar, iam recuar um pouco. E não foi diferente. Eles recuaram e a gente teve um pouco mais de posse de bola, e isso contribuiu para a gente fazer o gol."

Com a classificação, o Grêmio agora encara o Cruzeiro, pela semifinal da competição. Os clubes já se enfrentaram duas vezes este ano, pelo Campeonato Brasileiro, com uma vitória para cada lado. Sobre o adversário, o garoto Everton ressalta a qualidade da equipe celeste, mas diz que o foco agora é no Gre-Nal. "A gente já enfrentou o Cruzeiro esse ano, duas vezes. A gente sabe da qualidade deles, vamos procurar trabalhar e pensar no Gre-Nal agora, e na próxima semana no Cruzeiro. Sabemos da dificuldade e vamos buscar neutralizar os pontos fortes deles", disse.

Outros jogadores que comentaram a classificação foram Douglas e Pedro Geromel, que deram os parabéns pela luta, e pela "classificação sofrida". O meia Douglas também elogiou o garoto Everton. "Entrou muito bem e decidiu", disse o camisa 10 tricolor.