Renato destaca classificação e obediência dos jogadores: "Equipe chegou com méritos"

Após consagrar-se classificado para a final da Copa do Brasil, comandante técnico juntamente do presidente enfatizaram a necessidade da conquista do título para a torcida tricolor

Renato destaca classificação e obediência dos jogadores: "Equipe chegou com méritos"
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Depois de conquistar a classificação para a grande decisão da Copa do Brasil, os bastidores da Arena mais uma vez se mostraram em sintonia no que se refere ao discurso adotado. Tanto Renato Portaluppi quanto o presidente Romildo Bolzan Jr. deixaram claro a necessidade de proporcionar o título para sua torcida.

Primeiramente, o comandante técnico tricolor enfatizou a classificação após os duelos contra o Cruzeiro: "o mais importante foi conseguir a vaga na final. Encontramos um adversário difícil. Time muito bem armado pelo Mano". Logo, tornou a destacar a importância da primeira partida em Belo Horizonte: "Grêmio teve atuação de gala lá em BH, a diferença é que o Grêmio jogou os 180 minutos da decisão. Jogamos com o regulamento embaixo do braço".

Renato ainda declarou que deu uma ordem para seus jogadores:

"Hoje eu dei uma ordem para os meus jogadores: eles estavam proibidos de decepcionar nossos torcedores, nosso time jogou com uma raça muito grande, tenho um grupo obediente taticamente. Temos colocado para eles o quanto é importante conquistar esse título.”. Em seguida, o treinador gremista ainda repercutiu o quão diferente é o futebol do Rio Grande do Sul: "não adianta colocar um futebol diferente aqui no sul. Aqui precisa da qualidade e do estilo copeiro. Tem que unir", falou.

Por parte dos jogadores, a figura de liderança dentro do grupo que possui Marcelo Grohe exempleficou o atual sentimento do plantel gremista:

"Acho que nossa equipe chegou com méritos, soube até o momento entender bem a Copa do Brasil, gora conseguimos o nosso objetivo que era estar na final, agora temos mais um passo que é a final.”, declarou.

Já a maior figura executiva do clube atualmente,  presidente Romildo Bolzan Jr. mostrou mais uma vez o quão homogêneo é o ambiente tricolor ao declarar:

"Não tem preço ver o sentimento do torcedor. Essa euforia contida do torcedor que vai extravasar se conquistarmos o título, se chegarmos ao título ele será dedicado ao torcedor", relatou.

Na manhã desta sexta-feira será definida a ordem dos mandos de campo da decisão. A primeira partida ocorrerá no dia 23 e a grande decisão da Copa do Brasil será disputada no dia 30 de novembro.