Mesmo com reservas, Grêmio bate América-MG e agora volta atenções a Copa do Brasil

Tricolor e Coelho enfrentaram-se neste domingo, na Arena

Mesmo com reservas, Grêmio bate América-MG e agora volta atenções a Copa do Brasil
Foto: Lucas Uebel/Grêmio.
Grêmio
3 0
América-MG
Grêmio: Grêmio: Leo, Wallace Oliveira, Fred, Walace Reis, Iago, Jailson (Batista), Kaio, Negueba (Ty Sandows), Guilherme (Léo Tilica), Everton, Bolanos.
América-MG: América-MG: Joao ricardo, Christiam, Roger, Cardoso, Bruno Telles, Ernandes, Juninho, Makton (Maktom), Tony, Savio (Michael), Nilson (Hélder).
Placar: 10/1º, Fred; 24/1º, Negueba; 19/2º, Miller Bolaños.
ÁRBITRO: Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO); aux. Fabiano da Silva Ramires (ES) e Marcio Soares Macil (GO).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na tarde deste domingo (20) o Grêmio recebeu o América-MG, um dos times já rebaixados para a segunda dvisão do Campeonato Brasileiro. O tricolor gaúcho nada tem a fazer no campeonato no que se refere à título, porém, ainda há possibilidade de assegurar uma vaga para a pré-libertadores de 2017.

Mesmo com a possibilidade da classificação para a maior competição de futebol das Américas via campeonato brasileiro, o tricolor gaúcho atualmente respira Copa do Brasil, e pensando nela, não relacionou nenhum jogador titular para a partida deste domingo. O time esta na final da competição e decidirá o título frente o Atlético-MG, tendo a primeira partida das finais sendo disputada nesta quarta-feira no estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Grêmio domina a primeira etapa com segurança e encaminha a vitória

Após o apito inicial do juiz para o início da partida pudemos acompanhar um bom jogo de futebol, ambas as equipes procuravam o gol e lances perigosos eram oportunizados. Com o panorama de uma certa forma de descompromtimento para com o campeonato, a criação de jogadas era levada como principal objtivo de ambas as equipes na partida.

Apesar de ambas as equipes visarem o ataque, o Grêmio foi tornando-se dono da partida em decorrer da superioridade de qualidade técnica de seus jogadores, e assim, ditando a intensidade da partida de acordo com suas vontades. Tamanha superioridade tanto individual quanto coletiva levaram naturalmente o Grêmio aos gols.

O primeiro gol da partida foi convertido através de bola parada. Após o cruzamento feito por Iago, o zagueiro Fred se posicionou à frente dos zagueiros e ficou livre para chutar pro fundo das redes do time mineiro. Antes um problema do time gremista, a bola aérea vem se tornando um forte tanto defensiva quanto ofensivamente, fundamento esse de importância grandiosa.

A equipe reserva treinada por Renato Portaluppi chegou ao segundo gol em jogada trabalhada pela extrema direita do ataque gremista, em cruzamento do lateral direito Wallace Oliveira, o atacante Everton recebe na area e tenta o chute que é desviado pela zaga adversária, sobrando livre para Negueba aumentar a vantagem no placar da Arena.

Grêmio mantém o domínio sobre o adversário e amplia o placar da partida

A segunda etapa inicou da mesma forma que acabou a primeira: um Grêmio com total domínio da partida e já administrando a partida. O América-MG até tentou de forma desorganizada jogadas ofensivas, algumas até levaram um certo perigo para os defensores tricolores, porém, a ineficácia mineira em decorrer da má qualidade técnica de seus jogadores não permitiu que o já rebaixado América chegasse de fato a converter um gol.

E foi em um ataque desorganizado do adversário que o Grêmio chegou ao terceiro gol na partida, que daria fim à qualquer possibilidade adversária. Em uma roubada de bola do Africano Ty, o atacante elevou em velocidade em direção a área, ao seu lado, Miller Bolaños acompanhava a jogada e se colocava em direção á área para receber, assim, Ty lançou o equatoriano que finalizou com muita qualidade deslocando o goleiro João Ricardo. Após o gol nada de muito mais interessante ocorreu na partida, em clima amistoso das duas as equipes e aguardando o término da partida.

Com o resultado, o Grêmio foi a 53 pontos na tabela do campeonato brasileiro, na sétima colocação. Com a atual posição o Grêmio  classifica-se para a primeira fase da Copa Libertadores da América 2017, levando em consideração que o adversário da final da Copa do Brasil, Atlético-MG, encontra-se na 4ª posição do Campeonato Brasileiro e de tal forma, em caso de perda do título da competição, ocasionaria na abertura de mais uma vaga através do Brasileirão, formando um chamado G-7.