Inter perde pênalti e fica no empate sem gols contra Chapecoense

Com baixo rendimento durante o jogo, Internacional empata com a Chape e fica em 12º lugar na tabela

Inter perde pênalti e fica no empate sem gols contra Chapecoense
(Foto: Divulgação/ Internacional)

Internacional recebeu neste domingo (15) a equipe da Chapecoense, no qual a partida terminara em 0 a 0. Jogo marcado como um dos piores da rodada, Internacional deixou muito a desejar jogando na sua própria casa, com qualidade de jogo baixíssima o que fez com que a torcida vaiasse muitas vezes a equipe durante o jogo.

No início do segundo tempo, uma falta dura em cima de Andrigo fez com que o árbitro marcasse pênalti a favor do Inter e Paulão cobrou chutando no meio do gol que facilitou a defesa do goleiro Danilo. Com a partida terminada em 0 a 0 a Chapecoense vai se favorecendo em relação aos jogos contra o Inter, no ano de 2014 Chape fez 5 a 0 no Internacional e no ano de 2015, dois jogos com um empate em 0 a 0 e uma derrota de 1 a 0, agora em 2016 mais um 0 a 0 vai ficando no histórico de jogos entre as duas equipes.

Ao fim da partida a maioria dos jogadores do Internacional não quiseram se pronunciar, os que falaram foram Artur, Aylon, Paulão e Ernando. Artur lamentou a derrota e explicou: "Tentamos do início ao fim, mas não conseguimos fazer o gol", logo depois o zagueiro Paulão falou sobre sua cobrança de pênalti: "Tive a responsabilidade de bater o pênalti e não fui muito feliz", mas Aylon já pensa na próxima partida e exalta um vacilo da equipe "Vacilamos em casa e a gente não podia, agora nós vamos precisar buscar o resultado fora de casa".

Ernando, por sua vez, justificou para a imprensa o motivo de a equipe não ter conseguido chegar ao gol e explica o porquê das vaias dos torcedores no momento em que a bola ficava na zaga "A gente precisava cansar eles, se não dava pra chegar por dentro, tínhamos que jogar pelas laterais, eles vieram muito fechados e com muita marcação, foi um pedido do Argel".

Sendo o último jogo do Alisson, o ex goleiro do Inter fala que não gostou de ter sido chamado de "mercenário" e fala "Se eu morresse no Inter eu iria morrer feliz, mas foi uma escolha profissional. Não é porque estou saindo que vou parar de gostar. (...) Sempre procuro crescer profissionalmente". A partida foi marcada por baixo rendimento da equipe colorada, onde o bom futebol não compareceu a campo e Alisson se despediu do Inter com um empate contra a Chapecoense.

Com isso o Internacional fecha a rodada em 12º colocado na tabela do Brasileirão 2016 e com 1 ponto somado, o próximo adversário do Inter será o São Paulo no Morumbi, no próximo domingo (22)