Aylon comemora volta em atuação contra o Fortaleza: "Temos que sempre provar mais"

Vitória conquistada pelas oitavas da Copa do Brasil, segundo atletas, serviu para amenizar pressão e ganhar ânimo para restante da temporada

Aylon comemora volta em atuação contra o Fortaleza: "Temos que sempre provar mais"
Com dois gols de Aylon e um de Nico López, o Internacional encontrou o caminho da vitória diante do Fortaleza (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Finalmente o Internacional pôde respirar aliviado, sim, após 14 partidas o time comandado por Celso Roth venceu o Fortaleza pela ida das oitavas da Copa do Brasil e ainda marcou o placar elástico de 3 a 0 no Beira-Rio, contando com dois tentos de Aylon e um de Nico López.

Tamanha era a felicidade que o sorriso não podia mais ser contido, a euforia tomava conta de cada atleta e o brilho no olhar dos mesmos sinalizava o fim de uma má fase que a 76 dias os assolava. E, segundo Aylon, a vitória foi tão importante que era praticamente impossível conter a emoção. O mesmo foi marcante de dois gols e pediu continuidade, visando ajudar o Inter na luta contra o temível Z-4 do Brasileiro.

"Não tem como não estar feliz. O vestiário muda, claro, voltamos mais eufóricos. Foi dito no vestiário para voltarmos a nos acostumar ter esse gostinho da vitória. Eu tive uma sequência com Argel. Na época que o Vitinho estava machucado, é consequência do futebol. Tive oportunidade ontem (quarta) com o Celso, com o Falcão não tive. Aproveitei da melhor forma possível, sempre fazendo gols. Espero ter uma sequência também no Brasileirão, para ajudar o time sair dessa situação", declarou.

Caso houvesse perdido mais essa oportunidade de mostrar seu bom futebol, na opinião de Aylon, isso acarretaria em sua volta ao fim da fila entre o grupo de atacantes. O mesmo ainda deu ênfase para uma pressão sadia existente sobre si, a qual, segundo ele, o encoraja a sempre almejar algo a mais.

"É do futebol, acontece com outros jogadores da base também. Temos que sempre provar mais. Se entrarmos um jogo, e não for bem, voltamos ao final da fila. Estamos numa pressão boa, Temos que estar sempre provando, sempre um algo a mais para ter as chances", afirmou.

O placar conquistado no estádio Beira-Rio, não serviu somente para dar a primeira vitória aos novos dirigentes e a Celso Roth, mas principalmente para aliviar a pressão exercida sobre os novos reforços colorados, entre eles, Seijas. O venezuelano vinha de ótimas aparições pelo colorado, mas ainda não tinha comemorado nenhum triunfo. 

"Foi o oposto da outra partida (empate diante do Sport). Houve muita felicidade. Precisamos aproveitar. Temos passado semanas muito ruins. Precisamos aproveitar. Foi importante. Estamos muito contentes. Será a primeira noite que poderei ficar com minha família tranquilo e contente", afirmou.

O vice de futebol, Fernando Carvalho, também deixou seu desabafo a cerca de sua primeira vitória desde sua volta ao clube. Segundo ele, contando com tal conquista, o ambiente que antes era triste, agora, finalmente encontrou a felicidade.

"A angústia foi deixada de lado. O ambiente no vestiário foi muito bom. Tenho certeza que a vitória nos ajudará a ganhar ânimo. Houve comentários muito bons. Efusivos", finalizou.