Danilo Fernandes pede confiança e alerta sobre Cruzeiro: "Virá para derrubar a gente"

Grupo está situado na cidade de Viamão, na tentativa de evitar pressão e acalmar ânimos em prol da decisão do próximo domingo (27), no Beira-Rio, entre Inter e Cruzeiro

Danilo Fernandes pede confiança e alerta sobre Cruzeiro: "Virá para derrubar a gente"
Danilo pede garra e confiança ao grupo e alerta quanto ao Cruzeiro (Foto:Divulgação/Internacional)

A situação em que se encontra o clube Internacional e seu grupo de atletas está cada vez mais indescritível. Faltando apenas dois jogos para o término do Campeonato Brasileiro o desespero toma conta do Beira-Rio. O clube com slogan de Campeão de Tudo e que se encontra entre os cinco times "intocáveis" no Brasileiro desde sua fundação, agora, porém, beira o abismo da segunda divisão.

O temor e a insegurança parece ter tomado conta dos comandados de Lisca. Mostra disso foi o treino instruído pelo mesmo nesta quinta-feira (24), em Viamão. Para tentar amenizar a pressão existente em cima de seus atletas por parte da torcida, o técnico optou por se afastar um pouco de seus domínios e realizar um treinamento fechado na cidade da região metropolitana, onde, mais tranquilamente, pode instruir o grupo.

A atividade em prol da decisão que os aguarda neste domingo (27), diante do Cruzeiro, foi realizada no hotel Vila Ventura, com portões fechados. O treino desta sexta-feira (25) também deve ser realizado no local. Sendo que, apenas no sábado voltam a treinar no estádio Beira-Rio.

Ainda do treino de quarta, Lisca deu indícios de como será a formação colorada para o embate. Treinador utilizou o esquema 4-1-4-1, com a seguinte escalação: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Fabinho, Anderson, Alex e Seijas; Nico López. Contudo, Rodrigo Dourado e Vitinho devem reforçar a equipe.

Após a atividade, Danilo Fernandes foi o escolhido para conceder a coletiva em nome do grupo e, com muita convicção, declarou que somente com muita confiança e motivação poderão sair dessa cova que, segundo ele, o próprio grupo cavou durante toda temporada.

"Temos que trabalhar, erguer a cabeça, ir confiante para o jogo. Só a gente pode sair dessa situação. Nós mesmos nos colocamos. O retiro em Viamão é bom para gente treinar tranquilo. A cobrança já existe dentro da gente. Vai ser bom descansar a mente um pouco e pensar só no treinamento", disse.

Quando questionado acerca da permanência do Internacional na elite A do campeonato, o mesmo pareceu preocupado. Porém declarou que, sim, há esperanças, tendo em vista que matemáticamente é possível ultrapassar seu adversário direto contra o rebaixamento, o Vitória de Argel Fucks. "Estamos acreditando, porque é possível, sim. Independente de tudo que aconteceu, temos grandes chances porque acreditamos que o Vitória vai tropeçar", afirmou.

O próximo embate perante o Cruzeiro não se trata apenas de uma partida qualquer, mas sim de uma possível definição dos quatro rebaixados. Sem sombra de dúvidas, América-MG, Santa Cruz e Figueirense já caíram, entretanto, ainda resta uma vaga à Série B, que pode, ainda nesta rodada, ser entregue ao Inter. Isso ocorre caso perca para a equipe mineira e conte com o triunfo, ou até mesmo o empate do Vitória diante do Coritiba.

"Vai ser um clima bem pesado. Tem sido assim nos últimos jogos dentro de casa. Temos que fazer de tudo dentro de campo para que o torcedor venha com a gente. Temos que dar a vida lá, porque eles vão reconhecer isso e nos apoiar os 90 minutos", declarou.

Sobre a postura que os mineiros irão adotar para o confronto, Danilo afirmou estar ciente de que irão vir para tentar rebaixá-los de imediato. Entretanto mostrou-se confiante e convicto que calmamente, pensando apenas no jogo, irão conseguir suportar a pressão.

"O Cruzeiro vai vir para derrubar a gente. Temos que ir para cima do Cruzeiro independente da postura que eles adotarem. Temos que pensar somente na gente", finalizou.