Pressionado, Joinville recebe Vasco tentando frear sequência invicta do rival

Em duelo entre duas equipes que foram rebaixadas em 2015, vascaínos são favoritos contra a instável equipe catarinense

Pressionado, Joinville recebe Vasco tentando frear sequência invicta do rival
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Joinville
Vasco da Gama
Joinville: Oliveira; Robertinho, Bruno Aguiar, Victor Oliveira e Júnior; Paulinho Dias, Naldo e Pereira; Everton Silva, Fernando Viana e Murilo. Técnico: Hemerson Maria
Vasco da Gama: Jordi; Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio César; Diguinho, Willian Oliveira, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão
INCIDENCIAS: DUELO VÁLIDO PELA 7ª RODADA DA SÉRIE B DE 2016. PARTIDA SERÁ REALIZADA NA ARENA JOINVILLE, EM SANTA CATARINA, ÀS 21:30 DA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA (7).

Joinville e Vasco disputaram a Série A do último Campeonato Brasileiro, caíram juntos, mas tal fato não iguala ambas equipes. Eles se enfrentarão nesta terça-feira (6), na Arena Joinville, pela sétima rodada da Série B de 2016, e vivem situações opostas dentro da competição. 

Os cariocas estão invictos desde as últimas rodadas da Série A do ano passado, competição que culminou em seu rebaixamento, e mesmo estando na segunda divisão, é a equipe a ser batida no cenário atual do futebol nacional. São líderes do campeonato com 16 pontos em seis rodadas e mostram uma consistência maio que a maioria dos adversários.

Já o JEC não vivem uma fase tão boa. Ocupando a décima quarta colocação no campeonato, vem de derrota para o Naútico, fora de casa, e buscam fazer valer o fator casa para interromper a ótima sequência conquistada pelos rivais. 

Em semana de contratações, catarinenses tentam primeira vitória em casa

A derrota para o Náutico complicou a situação do Joinville no campeonato. Com apenas uma vitória, caso não consiga reverter a situação, os catarinenses podem entrar na zona de rebaixamento, fato qual seria bastente pesado para a torcida, que após perder o título estadual para a Chapecoense, esperava ao menos uma boa campanha na Série B.

Nesta segunda-feira (6), a diretoria do JEC apresentou mais três reforços para o restante da competição, são eles: Carlos Alberto, meia de 28 anos que já rodou por grandes equipes do futebol nacional, como Corinthians e Santa Cruz. O jovem atacante Gabriel Vasconcelos 20 anos, que vem emprestado pelo Corinthians e disputou o Campeonato Carioca pelo América (RJ) e o também atacante Heliardo, 24 anos, paranaense que passou por algumas pequenas equipes do interior do Brasil. É improvavel que algum deles já seja titular contra o Vasco, mas é certo que eles terão oportunidades logo, devido a necessidade do Joinville de reformulação.

Um ponto que vem incomodando a comissão técnica e a torcida da equipe catarinense, é a oscilação do time durante as partidas. Há quem culpe os deslocamentos excessivos que eles têm para enfrentar as equipes fora de seu estado, já que a maioria dos adversários são do Nordeste e Sudeste. Para muitos, tal locomoção não é uma desculpa, e o treinador Hemerson Maria vem tentando adaptar os treinamentos de maneira que os jogadores não percam o ritmo mas também não sejam sacrificados, o que acarretaria problemas de lesões. Em casa, o time ainda não venceu: dois empates diante de Criciúma e Londrina.

Andrezinho volta ao time titular e Leandrão recebe oportunidade no lugar de Thalles

Autor do gol da vitória na partida contra o Goiás, Andrezinho está totalmente recuperado e voltará a equipe titular do Vasco. Seu papel em campo é de extrema importância, e os companheiros vinham sentindo falta do experiente meia na ligação entre ataque e defesa, o que fazia com que o time abusasse dos chutões ou saísse para o ataque com lentidão. A volta do jogador dá equilíbrio ao meio campo vascaíno, dando mais liberdade aos jogadores de frente, que não precisam buscar o jogo desesperadamente como vinha acontecendo.

Um provável desfalque, novamente, é o lateral Madson. Parcialmente recuperado, o jogador deve ficar de fora da partida contra o Joinville, porém, os vascaínos contarão com a volta de Yago Pikachu, que estava suspenso contra o Goiás. Bruno Ferreira, que foi titular na última partida, novamente teve uma atuação ruim e acabou sendo substituído no intervalo.

Uma outra mudança deverá ser promovida por Jorginho: a entrada de Leandrão no lugar de Thalles. O experiente atacante que disputou o último estadual pelo Boavista, terá a chance de aproveitar a falta de gols do jovem vascaíno, que mesmo com todas oportunidades que vem recebendo, não conseguiu render o esperado. Leandrão entrou no final da partida contra o Goiás, e mostrou sua provável função no ataque, onde utilizará sua força física para prender a bola, fazer a proteção para quem vier de trás, e marcar presença nas bolas alçadas, com o cabeceio sendo um de seus pontos fortes.

Jorginho deverá deixar Willian Oliveira e Diguinho como titulares na parte defensiva do meio campo. Julio dos Santos e Marcelo Mattos vinham tendo atuações regulares, porém, pouco criativas.