Para buscar vaga no G-4, Náutico desafia invencibilidade do líder Atlético-GO

Atualmente na quinta colocação, o Timbu recebe o primeiro colocado e conta com o retorno de peças importantes do elenco

Para buscar vaga no G-4, Náutico desafia invencibilidade do líder Atlético-GO
No primeiro turno, vitória dos goianos por 3 a 0 (Foto: Afonso Cardoso/Atlético-GO)
Náutico
Atlético-GO
Náutico: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello, Gastón Filgueira; Rodrigo Souza, João Ananias, Marco Antônio, Vinícius; Rony, Bérgson.
Atlético-GO: Klever; Matheus Ribeiro, Marllon, Ricardo Silva, Romário; Michel, Pedro Bambu, Magno Cruz, Jorginho, Gilsinho; Júnior Viçosa.
ÁRBITRO: Célio Amorim (SC) Assistentes: Thiaggo Americano Labes (SC), Eder Alexandre (SC)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, a ser disputada na Arena de Pernambuco, em Recife/PE.

Apesar da derrota por 2 a 1 para o Luverdense na última rodada, o ambiente no Náutico é de empolgação com a briga por uma das vagas no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. E nesta sexta-feira o Alvirrubro tem mais uma decisão pela frente contra o líder da competição, o Atlético-GO. As duas equipes se enfrentam na Arena de Pernambuco, às 21h30 (horário de Brasília).

Para o embate contra o Dragão, o técnico Givanildo Oliveira vai poder contar com todos os atletas considerados titulares. O atacante Rony e o meia Vinicius, que cumpriram suspensão contra a equipe mato-grossense, e o goleiro Julio Cesar, fora de dois jogos após sofrer uma pancada em um treinamento, retornam ao time e são presenças confirmadas entre os titulares.

No Rubro-Negro goiano, o técnico Marcelo Cabo deverá promover duas mudanças em relação ao time titular que venceu o Criciúma fora de casa no último sábado (22). O goleiro Klever, suspenso pelo terceiro amarelo, volta a vestir a camisa 1 no lugar de Felipe. Já o zagueiro Lino, com lesão de grau 1 na coxa direita, não viajou para a capital pernambucana e deverá dar lugar a Ricardo Silva.

Timbu em busca do G-4 com força total

Depois de uma sequência de seis vitórias e de chegar aos 51 pontos, o Náutico acabou sendo derrotado na última sexta-feira (21) para o Luverdense. Mas o pensamento no clube é que contra o líder Atlético-GO, contando com o apoio da torcida que deverá comparecer em grande número à Arena de Pernambuco, a situação será diferente. E o técnico Givanildo Oliveira destacou a importância dos retornos de Rony, Vinicius e Julio Cesar.

Não entram só eles três em campo, entram onze jogadores. Mas a gente sentiu falta pelo momento que eles vêm passando. São jogadores que estavam nos equilibrando, então a gente não pode negar que sentiu. Não é só o Náutico, todo clube tem um grupo. Aquele que não está jogando tem que estar preparado”, afirmou o treinador timbu.

Para o embate contra o time goiano, o Alvirrubro deverá ir a campo com a seguinte escalação: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Gastón Filgueira; Rodrigo Souza, João Ananias, Marco Antônio e Vinícius; Rony e Bérgson.

Dragão quer abrir boa vantagem na liderança, mas mantém os pés no chão

Foram quatro vitórias nos últimos quatro jogos. Após derrotar CRB, Avaí, Paysandu e Criciúma, e chegar aos 61 pontos, o Atlético Goianiense vai ao Pernambuco para buscar a quinta vitória seguida e abrir seis pontos de vantagem sobre o vice-líder Vasco, que empatou em 0 a 0 em casa contra o Avaí. Mas para o técnico Marcelo Cabo, a prioridade no momento é conquistar o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

Tínhamos três metas que elaborei no início da competição. A primeira era a manutenção na Série B, já conquistada. A segunda é o acesso. E a terceira é o título. Então estamos muito próximos do nosso segundo objetivo que é o acesso. Nós entendemos que com 65 pontos matematicamente conquistamos esse acesso. E aí só depois vamos pensar na possibilidade de título”, comentou o técnico do Dragão.

Para o confronto contra o Alvirrubro, a escalação do Dragão deverá ser a seguinte: Klever; Matheus Ribeiro, Marllon, Ricardo Silva e Romário; Michel, Pedro Bambu, Magno Cruz, Jorginho e Gilsinho; Júnior Viçosa.