As armas de Cuca: Allianz Parque, jogo aéreo e ataque poderoso

Com que peças o Palmeiras entrará em campo nesta noite para abafar o cheirinho que vem do Rio de Janeiro

As armas de Cuca: Allianz Parque, jogo aéreo e ataque poderoso
Mais de 30 mil torcedores estarão presentes no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Palmeiras e Flamengo protagonizam o jogo mais esperado do Campeonato Brasileiro hoje, no Allianz Parque. De um lado o melhor mandante e líder da competição, do outro, o melhor visitante e vice-líder. Possibilidade de énea de um lado e cheirinho de hepta do outro. Apenas um ponto separa os clubes.

Dentro do Allianz Parque o Verdão conta com nove vitórias, dois empates e apenas uma derrota. São incríveis 27 gols feitos e apenas 10 sofridos. Arena lotada, média de 32 mil torcedores, time pressionando, ataque impiedoso e defesa sólida, são fatores que levam o time de Cuca a liderança.

Uma das principais armas alviverde é o jogo aéreo. O Palmeiras é o time que mais fez gols de cabeça neste campeonato, já são 13. Quatro deles do zagueiro Vitor Hugo e dois de Yerry Mina, a dupla de zaga que será titular diante do Flamengo. Além disso, aproximadamente 24% dos gols sofridos pelo Rubro-Negro Carioca foram de cabeça.

Números estes que mostram a dupla preocupação que a defesa flamenguista terá: atacantes velozes e zagueiros goleadores.  

Porém, uma dúvida no ataque pode também ser decisiva no jogo. A ausência ou não do artilheiro do time, Gabriel Jesus, preocupa torcedores de ambos os lados. Com 10 gols no Brasileirão, o medalhista de ouro sofreu uma lesão diante do Grêmio e virou uma incógnita para a partida. Se concretizado a baixa, o Palmeiras perde sua arma mais poderosa. Mas, se não, o Verdão vem com força total para abafar o cheirinho.

Outro fator que é importante destacar é a consistência do Palmeiras. Cuca já tem sua base montada, conhece bem cada peça que tem nas mãos, cada troca que pode ser feita durante o jogo e cada canto do Allianz Parque. Já Zé Ricardo, mesmo na vice-liderança, ainda conta com um time em construção, onde as peças estão sendo ajustadas.

E é nessa construção de um time que jogadores como Gabriel e Fernandinho vem se destacando. Cuca terá trabalho para saber quem anular. Fernandinho?

E por último, e talvez a maior força do Palmeiras para este jogo, a torcida. O caldeirão alviverde irá contar com mais de 30 mil torcedores que prometem fazer a diferença. A punição sofrida pelos clubes será mais sentida pelo Flamengo, que não contará com torcida a seu favor.

Agora, se o cheirinho está sendo sentido nas imediações do antigo Palestra Itália ou não, não podemos afirmar. Mas, o que podemos dizer é que este será um jogo digno de Palmeiras e Flamengo.