Dudu ressalta 'fator Allianz Parque' para o Palmeiras no Brasileirão: “Somos muito fortes”

Se marcar contra o Internacional, neste domingo (6), atacante passará a ser o maior artilheiro da nova casa do Palmeiras

Dudu ressalta 'fator Allianz Parque' para o Palmeiras no Brasileirão: “Somos muito fortes”
Dudu já marcou 11 gols com a camisa do Palmeiras no Allianz Parque (Foto: Willian Pereira / VAVEL Brasil)

Franzino e baixinho, mas rápido, habilidoso e cobiçado por muitos. Todas essas características, no fim de 2014, eram direcionadas ao atacante Dudu, então do Grêmio. O ano de 2015 chegou, e com ele uma surpresa. Dado como acertado com o Corinthians, o atacante foi anunciado pelo Palmeiras. Desembarcou no Palestra Itália com o status de “ídolo”, mas durante todo o ano, viveu altos e baixos. Foi do inferno ao céu e hoje, além de ser o dono da braçadeira de capitão, está prestes a se tornar o maior artilheiro do Allianz Parque.

Com 11 gols, ao lado dele está o argentino Cristaldo, que não defende mais o Verdão. Assim, o caminho está livre para que Dudu chegue a mais uma grande marca com a camisa do Palmeiras. E tudo isto, em um cenário perfeito: capitão e líder do Campeonato Brasileiro.

Fico feliz por isso. Vai ser mais uma marca na carreira. Se não for contra o Inter, pode ser contra outro time. Tenho que ficar tranquilo e procurar ajudar o time. Fico feliz por estar sendo o capitão, de estar fazendo gols no nosso estádio e espero continuar assim, enquanto estiver vestindo essa camisa”, disse.

A marca pode ser atingida neste domingo (6), às 17h (de Brasília), pela 34ª rodada do Brasileirão. Apesar de correr risco de rebaixamento e de ter sido, recentemente, eliminado da Copa do Brasil, Dudu alerta que é preciso respeitar e tomar cuidado com o Internacional.

O time deles fez um jogo muito competitivo contra o Atlético-MG, correram muito para buscar o resultado, então temos que procurar aproveitar isso e colocar velocidade, pois vão estar mais desgastados. Mas é um jogo difícil, eles estão lá embaixo, mas isso não significa nada, vão vir para jogar de igual pra igual. O Inter tem uma camisa muito forte, temos que respeitar”, destacou Dudu.

Desfalques, ansiedade e pés no chão

Assim como na última rodada, novamente o Palmeiras entrará em campo já sabendo o resultado do Flamengo, que joga no sábado (5), contra o Botafogo. Questionado se isso pode ter afetado a postura do time contra o Santos, Dudu declarou que não houve influência, e ressaltou, que o elenco não faz contas em relação ao título.

Não entramos relaxados. Entramos para ganhar. Infelizmente perdemos, pois é muito difícil jogar contra o Santos lá na Vila. Não fazemos conta. Deixamos tudo na mão de Deus. Não dá pra pensar no Botafogo ou Chapecoense se não fizermos a nossa parte. O Inter é um time forte, vem motivado e temos que entrar tranquilos”, afirmou.

Para a partida do fim de semana, o Palmeiras não contará com o volante Moisés, que está suspenso. Dudu lamentou o desfalque do jogador e destacou a importância do camisa 28 para o esquema tático. “Ele é o Tchê Tchê estavam entrosando muito bem. Mas, precisamos procurar assimilar isso rápido. Quem entrar vai dar o seu melhor”.

O camisa 7 também comentou sobre o período de seca de gols que vive Gabriel Jesus, que não marca desde o dia 14 de setembro.

Ele cresceu muito, e a marcação pra cima dele também. Mas ele está tranquilo, falamos muito com ele. Todo atacante passa por isso e esperamos que ele volte a fazer gols e nos ajudar, como sempre”, ressaltou.