Em duelo acirrado, Palmeiras bate o Inter com gol solitário e amplia vantagem na liderança

Palmeiras não faz boa partida, mas consegue estender a distância do segundo colocado; Em situação oposta, Internacional acaba voltando para o Z-4 com o resultado

Em duelo acirrado, Palmeiras bate o Inter com gol solitário e amplia vantagem na liderança
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Palmeiras
1 0
Internacional
Palmeiras: Jaílson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier (Fabiano); Roger Guedes (Alecsandro), Gabriel Jesus e Dudu.
Internacional: Danilo Fernandes; Ceará (Eduardo Sasha), Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Rodrigo Dourado, William, Anderson e Alex (Valdívia); Aylon (Diego).
Placar: 1-0, Cleiton Xavier (16'/1ºT)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 34ª rodada do Brasileirão 2016, disputada no Allianz Parque às 17 horas do domingo (6)

O Verdão mais uma vez conseguiu fazer o dever de casa e ampliou sua vantagem na liderança, na tarde deste domingo (06). O confronto com o Internacional foi suado, mas os torcedores que estiveram presentes no Allianz Parque às 17h, puderam comemorar a vitória por 1 a 0 do Palmeiras.

No entanto, o resultado complicou a vida dos torcedores colorados, que viram o time voltar à zona da degola. Na próxima rodada, o clube vê a possibilidade de reverter a situação contra a Ponte Preta em casa, no dia 17 de novembro.

 O líder abriu seis pontos de vantagem para o Santos, que está na segunda colocação. O próximo desafio será contra o Atlético-MG, na quinta-feira (17), fora de casa. Com quatro rodadas para o fim, o clube leva a taça antecipadamente em caso de duas vitórias e um empate.

Inter reforça marcação, mas não consegue parar o líder

O Colorado fez todo o primeiro tempo bastante fechado, o Palmeiras foi conquistando espaço aos poucos e com certa dificuldade. No entanto, a primeira tentativa de ataque foi do Inter, mas Alex acabou cometendo falta no zagueiro palmeirense. Aos 5 minutos, William recebeu cruzamento longo e tentou colocar na área, Anderson aproveitou a sobra e mandou para fora.

A equipe paulista tentava ir pra cima, com 15 minutos de jogo, Tchê Tchê tabelou com Gabriel Jesus, mas o jogador foi desarmado ao tentar invadir a área. 

Em cruzamento na área, Mina e Paulão sobem juntos, o árbitro se equivocou e marcou escanteio, mas a equipe gaúcha pedia tiro de meta com razão. O gol veio em seguida e mais uma vez o alviverde mostrou experiência na bola parada. Depois da cobrança de escanteio, Cleiton Xavier aproveitou a sobra cara a cara com Danilo Fernandes, desviou com a perna direita e balançou as redes.

Pouco tempo depois, o clube mandante voltou a assustar. Mais uma vez após escanteio, desta vez cobrado por Dudu, Mina desviou, mas a bola foi por cima do gol de Danilo.

O Inter viu a chance de empatar aos 30 minutos, Aylon foi derrubado e conseguiu uma falta na intermediária para a equipe. Em boa jogada ensaiada com William, Alex chutou muito próximo ao gol, mas para fora. 

Já nos acréscimos, o Palmeiras conseguiu um escanteio e Dudu cobrou na área, Vitor Hugo subiu mais que todo mundo e cabeceou para o gol, Danilo se esticou para fazer linda defesa.

Palmeiras segura o placar em segunda etapa disputada

O Inter claramente sentiu a falta de um ataque eficiente com a baixa de Vitinho e na segunda etapa apostou em Sasha. Logo no começo, o atacante tabelou e arriscou de longe, levando perigo para Jailson que estava atento e conseguiu impedir o gol. 

Aos 8 minutos o clube gaúcho viu outra oportunidade para arrancar o empate. Anderson disparou em contra-ataque, se livrou da marcação, mas não conseguiu concluir bem e finalizou por cima do gol. 

As duas equipes não conseguiam concluir bem seus lances, apesar de fazerem boas chegadas. Aos 24 minutos, o Palmeiras executou boa troca de passes e terminou com Fabiano recebendo e chutando com perigo, mas para fora. O Inter respondeu em seguida, Alex cobrou falta, William tentou rebote de longe e o goleiro mais uma vez teve trabalho para defender.

Com a partida se encaminhando para o fim, Gabriel Jesus viu a possibilidade de matar o jogo bater na trave. O atacante recebeu passe, tenta chute aproveitando a saída de Danilo, mas o goleiro consegue encostar e a bola explode na trave. Tchê Tchê tenta pegar o rebote, mas o arqueiro se recupera no lance e manda para escanteio.