Paysandu vence Joinville em casa e garante segunda vitória seguida na Série B

Após derrotar Vasco da Gama fora de casa, Papão ganha em seus domínios e sobe na tabela; Joinville fica perto do Z4

Paysandu vence Joinville em casa e garante segunda vitória seguida na Série B
(Foto: Divulgação/Paysandu)
Paysandu
1 0
Joinville
Paysandu: Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan e Lucas; Augusto Recife, Ricardo Capanema, Raphael Luz (Rodrigo Andrade, min. 59) e Jhonnatan; Leandro Cearense (Betinho, min. 81) e Alexandro (Hiltinho, min. 69). Técnico: Gilmar Dal Pozzo
Joinville: Oliveira; Diones (Diego Felipe, min. 75), Bruno Aguiar, Ligger e Diego; Naldo, Juninho (Gabriel Vasconcelos, min. 64), Paulinho Dias e Carlos Alberto e Junior Tavares (Murilo, min. 64) ; Fernando Viana. Técnico: Hemerson Maria
Placar: 1-0, min. 1, Jhonnatan.
ÁRBITRO: Avelar Rodrigo da Silva (CE). Cartões amarelos: Carlos Alberto (min. 6), Alexandro (min. 55), Paulinho Dias (min. 66), Leandro Cearense (min. 68), Jones (min. 72)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio da Curuzu, em Belém-PA.

Nesta terça-feira (21), o Paysandu recebeu o Joinville pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e venceu por 1 a 0. O gol da partida foi marcado pelo volante Jhonnatan. A partida foi realizada no Estádio da Curuzu, em Belém/PA. O resultado deu ao Papão a segunda vitória seguida na competição. Já a equipe catarinense perdeu a quarta partida na competição nacional.

Com os três pontos, o time paraense ocupa agora a 11ª colocação, com 15 pontos. Por outro lado, o JEC ficou no 16º lugar, com 11 pontos conquistados. O próximo compromisso dos comandados de Gilmar Dal Pozzo, é contra o Atlético-GO, novamente dentro de casa. Já o Joinville encara o Paraná Clube no Estádio Durival de Britto, a Vila Capanema, em Curitiba/PR.

Paysandu marca, mas equipes não criam muitas chances

Vindo de uma bela vitória diante do Vasco, no Rio de Janeiro, o Papão queria vencer a segunda partida seguida e foi logo para cima do JEC. Com pouco mais de um minuto, Jhonnatan avançou pela esquerda, entrou na área e bateu cruzado. O goleiro Oliveira falhou e a bola entrou. Depois do lance do gol, os visitantes sentiram a pressão e o Paysandu, empurrado pela torcida, queria ampliar rapidamente o placar e garantir uma segurança maior na partida. Porém, as jogadas criadas não passaram da intermediária adversária e o time não conseguiu balançar as redes pela segunda vez.

Após o gol, o time comandado por Dal Pozzo continuou em cima, chegando com perigo, mas falhava no último passe. Os donos da casa quase ampliaram o placar logo em seguida. A zaga afastou um escanteio batido pela direita, mas a bola sobrou para Edson Ratinho, que cruzou no segundo pau e Lucas cabeceou por cima da barra.

O time catarinense não conseguiu criar oportunidades de gol e parou na marcação do Paysandu. A bola rondava as intermediárias das duas equipes, porém sem chutes à gol. A primeira etapa seguiu até o fim meio morna, sem grandes jogadas ofensivas de nenhuma das equipes. O Paysandu parecia satisfeito com o resultado parcial. Já os visitantes não tinham forças suficientes para oferecer perigo à zaga paraense.

JEC equilibra ações e segunda etapa é mais equilibrada

Na volta do intervalo, o ritmo da partida diminuiu e o Papão não buscava o gol como nos primeiros 45 minutos. O Joinville deixava muitos espaços e seguia com problemas na parte ofensiva. No início, Alexandro conduziu pelo meio, arriscou de longe, mas a bola subiu muito e foi para fora.

Para buscar o empate, o técnico Hemerson Maria promoveu a entrada do atacante Gabriel Vasconcelos no lugar do volante Juninho, e Murilo na vaga de Junior Tavares. E logo na primeiro jogada, Gabriel Vasconcelos cruzou da direita, a bola desviou em Lucas e enganou o goleiro, que teve que fazer uma grande defesa.

O Joinville começou a gostar mais do jogo e se aventurou mais no ataque. Bruno Aguiar cobrou falta com força, a barreira desviou e Emerson defendeu. A resposta do Paysandu não demorou. Hiltinho sofreu falta após puxada de contra-ataque. Edson Ratinho cobrou e a bola passou perto do gol visitante.

O jogo ficou equilibrado, com as duas equipes brigando muito pela bola no meio de campo. O JEC começou a utilizar mais o lado direito com Gabriel Vasconcelos. Mas foi o Papão que quase balança as redes. Betinho, que tinha acabado de entrar, cabeceou após cruzamento da esquerda e obrigou o goleiro a fazer um milagre. No rebote, Rodrigo Andrade chutou e Oliveira desviou para escanteio. A segunda etapa seguiu tensa até o final, com o Joinville chegando com perigo e colocando muitas bolas na área, porém a equipe da casa se segurou e conseguiu a vitória.