Com vantagem do empate, Ponte Preta encara o Atlético-MG em Campinas

Além da vantagem do empate a favor da Macaca, quem vencer leva a vaga; um novo 1 a 1, leva a decisão para os pênaltis

Com vantagem do empate, Ponte Preta encara o Atlético-MG em Campinas
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Valendo a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, a Ponte Preta receberá o Atlético-MG, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 19h30. No primeiro jogo, no Mineirão, ambos ficaram no empate por 1 a 1, e a Macaca tem a vantagem do empate por 0 a 0. 

A Ponte Preta tenta passar pela fase de oitavas de final da Copa do Brasil pela terceira vez. Nas outras duas oportunidades, em 2001 e 2009, a Macaca chegou a semifinal contra o Corinthians, e enfrentou o Coritiba, nas quartas de final, respectivamente. O time de Campinas acumula uma boa campanha no torneio. São quatro vitórias e dois empates. Tanto sucesso se reflete também no Campeonato Brasileiro, onde a equipe campineira é a oitava colocada com 39 pontos.

O Atlético-MG tenta repetir o sucesso de 2014, quando entrou na Copa do Brasil nas oitavas de final, por ter disputado a Copa Libertadores da América no mesmo ano. A equipe mineira passou por seus adversários e conquistou o primeiro título do torneio ao vencer o rival Cruzeiro. O Galo também faz uma bela campanha no Campeonato Brasileiro, onde é o terceiro colocado com 46 pontos, cinco a menos que líder, Palmeiras. 

O vencedor do confronto saberá seu adversário em sorteio que será realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro, às 9h. Na mesma ocasião, os clubes também saberão a ordem dos mandos de campo.

Eduardo Baptista não dá brechas e faz mistério na Ponte Preta

Com a presença da torcida da Macaca no Majestoso, o técnico Eduardo Baptista realizou o último treino da Ponte Preta na tarde da última terça-feira (20). Mesmo com a presença dos torcedores, o clima de suspense ficou no ar quanto ao time que será escalado para encarar o Atlético-MG.

O treinador da Ponte Preta tem nada menos que seis desfalques para o jogo desta quarta-feira (21). Douglas Grolli, suspenso por ter sido expulso no primeiro jogo, Kadu e Rhayner, lesionados, e William Pottker, Wendel e Zé Roberto, que disputaram a Copa do Brasil por outras equipes e estão sem condições de jogo pelo regulamento. Sobre o treinamento, Eduardo Baptista comentou algumas possibilidades que podem ser trabalhadas na escalação do time.

"O Rhayner está fora, não se recuperou, Galhardo se recuperou, mas muito tempo sem jogar. É jogo de intensidade, temos de ver se inicia com ele ou termina com ele. Temos um problema pelo lado direito, já que o Felipe Azevedo também não está na melhor condição. Mas gostei do Nino e do Jeferson juntos no lado direito. Testamos algumas situações e vamos analisar. O importante é que, independentemente de quem jogar, tenho certeza que teremos uma Ponte forte contra o Atlético-MG", declarou.

Marcelo Oliveira relaciona elenco com titulares, mas esconde o time

Após o empate no clássico contra o Cruzeiro, no último domingo (18), por 1 a 1, o técnico Marcelo Oliveira trabalhou o time atleticano visando à partida desta quarta-feira (21) pela Copa do Brasil. O treinador alvinegro caprichou no mistério, permitindo que a imprensa tivesse acesso aos trabalhos durante 20 minutos. 

Com tanto mistério, ficou difícil saber qual será o time que Marcelo Oliveira deverá escalar contra a Ponte Preta. No entanto, o treinador atleticano levou para Campinas os principais jogadores do elenco, inclusive, o lateral-direito Patric, o volante Leandro Donizete, e o meia Dátolo, que estão liberados pelo departamento médico. Em contrapartida, o atacante Fred está fora por ter disputado a Copa do Brasil pelo Fluminense.

Um dos jogadores que tem atuado como titular nas últimas partidas é o volante Júnior Urso. Para ele, o elenco atleticano é competitivo o suficiente para se classificar na Copa do Brasil e brigar até o final pelo título.

"Temos condições de classificar. Eu estou com total interesse de conquistar esta competição. Troféu importante, que todo clube quer ter. Tem que dar importância sim. Temos que ir com tudo para conquistar essa classificação e fazer valer o investimento do Atlético-MG. Um elenco qualificado, com mais de 30 jogadores à disposição do Marcelo", ressaltou.