Milton Mendes admite má atuação do Santa Cruz contra Santos: "Assumo a responsabilidade"

Treinador coral isenta jogadores após derrota diante do Peixe e se responsabiliza pelo resultado negativo

Milton Mendes admite má atuação do Santa Cruz contra Santos: "Assumo a responsabilidade"
Comandante tricolor destaca que luta da equipe é contra o rebaixamento (Foto: Ney Gusmão/Vavel Brasil)

Antes em clima de lua de mel com a torcida, após a conquista inédita da Copa do Nordeste e o bicampeonato no Estadual, o Santa Cruz viu o amor ruir justamente no dia dos namorados. A noite deste domingo (12), véspera de Santo Antônio, foi de nova derrota no Campeonato Brasileiro 2016, o que fez time e torcedores ficarem brigados e com a relação abalada, fazendo os atletas deixarem o gramado sob sonoras vaias.

O revés para o Santos, em pleno Arruda, fez o Mais Querido chegar ao quarto jogo sem vencer no Brasileirão. Apesar da má atuação, que desagradou em especial a apaixonada torcida, o comandante Milton Mendes isentou todo o grupo, chamando a responsabilidade para si por conta do resultado negativo, julgando que o Peixe foi merecedor.

"Assumo toda a responsabilidade pela derrota, pois os jogadores não tiveram culpa, afinal sou o treinador e eu escalo o time. Estamos há quatro jogos sem vencer, mas os meus atletas têm lutado em todos os jogos. O Santos foi melhor e fez os gols no momento certo. Enquanto isso, no nosso melhor momento do jogo, levamos o segundo gol", disse, destacando que o objetivo da Cobra Coral, desde o início do certame, é brigar contra o rebaixamento.

"Sempre disse a verdade: estamos lutando para nos manter na Série A e será uma luta árdua até o final do campeonato. Já são três derrotas consecutivas e, por conta disso, lamento bastante um novo resultado negativo. Isso porque queria ver essa torcida do Santa Cruz alegre, não só no jogo de hoje", completou o treinador coral.

Exaltando as dificuldades encontradas no torneio nacional, o técnico tricolor minimiza o rendimento abaixo das expectativas mostrado na partida com o alvinegro, negando até uma possível oscilação. Milton afirma que o foco do elenco santacruzense nos treinos precisa seguir para voltar ao bom momento das primeiras rodadas.

"Não considero que o nosso momento seja de oscilação, mas considero que o campeonato é difícil. Para muitos, três derrotas seguidas é o fim do mundo, mas o que nós temos é isso aí e não vou ficar reclamando do meu elenco. Até porque os jogadores têm trabalhado muito bem no dia a dia", encerrou Mendes.

Para se reencontrar com o triunfo, o escrete pernambucano tem nova chance diante do seu público fiel, tão fundamental nos últimos anos, afinal está na 13ª posição, com oito pontos ganhos. O confronto é na próxima quarta-feira (15), às 21h, em duelo direto com o Figueirense, que ocupa a 11ª colocação, com um ponto a mais, em situação mais tranquila na embolada parte inferior da classificação.