Quarteto de reforços é apresentado no Santa Cruz para sequência do Brasileirão

Contratados pelo Mais Querido, zagueiro Wellington, volantes Jadson e Derley e atacante Marion, contudo, ainda não estão regularizados pelo BID da CBF e são trunfos do técnico Milton Mendes para o torneio

Quarteto de reforços é apresentado no Santa Cruz para sequência do Brasileirão
Atletas comemoram oportunidade de vestir a camisa tricolor e destacam necessidade de evolução coletiva (Foto: Divulgação/Santa Cruz)

Esta terça-feira (5), no Arruda, teve novidades no Santa Cruz. Quatro dos últimos reforços foram apresentados oficialmente, mesmo que já viessem treinando em conjunto com o elenco. Ainda no aguardo para regularização junto ao BID da CBF, que é necessário ser definida até a noite da próxima sexta-feira (8), com o intuito de deixar os jogadores disponíveis para o jogo com o Internacional, no domingo (10), às 16h, em Recife.

Apesar do momento conturbado, com a Cobra Coral ocupando a zona do rebaixamento e na vice-lanterna com apenas 11 pontos ganhos, os atletas garantem motivação para reverter o quadro negativo. Desses, nove foram conquistados dentro do José do Rêgo Maciel, mesmo com cinco derrotas nas últimas cinco partidas. O momento ruim faz com que os novos contratados ressaltem a força coletiva para afastar a má fase. O zagueiro Wellington, que estava no Palmeiras e emprestado à Ponte Preta, minimiza o passado recente e afirma ter a chance da sua vida.

"A defesa não é só o pessoal daqui de trás, sim o time todo. A partir de agora, estou focado no Santa Cruz, pois já deixei o Palmeiras de lado. Encaro essa nova oportunidade como a da minha vida, já que não tive muitas chances na Ponte Preta. Chego buscando uma chance, uma vez que quero jogar e ajudar o time nesse momento complicado", destacou o defensor tricolor, sendo completado pelo atacante Marion, que foi contratado por empréstimo junto ao Atlético-MG.

"O campeonato está só no começo, mas a gente chegou para reforçar e o grupo já mostrou que é forte. Os resultados ainda não vieram e não é somente nós que passaremos por isso. Espero que possa ajudar o mais rápido possível e me enquadrar também ao elenco, uma vez que eu sou atacante de velocidade e gosto de atuar pelos lados", afirmou o ponta.

Velho conhecido do futebol pernambucano, por conta de passsagens pelo rival coral Náutico, o volante Derley reforça a obrigação de tirar o time das últimas posições, citando que o empenho deve ser de todo o plantel. O marcador ainda declarou que a experiência fora do país, por três anos, o deixou mais maduro.

"A responsabilidade não é apenas nossa, novatos, porém de todos. Nós representamos um grande clube e a responsabilidade é tratada de igual para igual a todos. Fico feliz retornar ao Recife. Sou profissional como qualquer outro jogador e volto ainda mais experiente após passar três anos fora do país", disse, com o cabeça de área Jadson, ex-Atlético-PR, assegurando que novas opções ao comandante Milton Mendes - que o indicou - podem ser favoráveis, dando novo ânimo à equipe.

"Acho que a mudança na postura não parte somente de nós quatro e os reforços querem estrear pelo Santa Cruz. Antes de acertar com o clube, já acompanhava a equipe e vi muita qualidade. A chegada dos reforços dá um ânimo maior nesse momento, não apenas no time, mas também na torcida", concluiu.