Milton Mendes reconhece "sabor amargo" após empate com Grêmio

04-08- 2016 De acordo com o técnico, o time coral foi superior ao adversário em Porto Alegre

Milton Mendes reconhece "sabor amargo" após empate com Grêmio
(Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)

O Santa Cruz empatou o Grêmio na noite desta quinta-feira (4) e desperdiçou a chance de sair da temida zona de rebaixamento. A equipe coral fez uma partida de igual para igual com a equipe gaúcha. Mas o resultado terminou em 0 a 0. O técnico Milton Mendes ficou com o sentimento de frustração e não deixou de ressaltar a boa apresentação da sua equipe, que voltou a pontuar após duas derrotas consecutivas e agora está na porta de saída do Z-4, na 17ª posição com 18 pontos. Mas ficou o gosto de que era possível algo maior.

"Fica um sentimento de frustração pelo que poderíamos ter conseguido. Mas foi ao final do jogo. Se fosse no começo do jogo, se alguém dissesse que a gente poderia ter conseguido um ponto aqui, avaliaríamos como bom. Só damos valor ao ponto quando perdemos", disse Milton Mendes.

Já os atletas corais comemoram o resultado e  mostraram-se motivados a sequência do trabalho durante o restante da semana para voltar a vencer pela Série A do Brasileirão, contra o São Paulo, no Arruda.

O meia João Paulo, que voltou ao time após cumprir suspensão, foi o principal destaque do time no jogo. Para o jogador, o peso da situação do adversário na tabela da Série A contribuiu para valorizar a conquista coral. "A gente sabe que precisaria dos três pontos para sair da nossa situação, que não é boa, mas temos que valorizar porque um ponto aqui é muito bom", avaliou o jogador.", declarou.

Derley frisou a força do Grêmio dentro de casa e comentou sobre a estratégia da equipe para a partida: "A equipe do Grêmio é perigosa. Viemos jogar com o intuito de marcar e sair no contra-ataque. E a equipe foi bem postada. Fez um grande jogo. Só faltou o gol, porque fizemos tudo o que o professor Milton pediu."