Santa Cruz vence com gol de Léo Moura e devolve lanterna do Brasileiro ao América-MG

Em jogo equilibrado, Cobra Coral supera Coelho pelo placar mínimo; mesmo com o resultado, equipes ainda não sofrem rebaixamento antecipado

Santa Cruz vence com gol de Léo Moura e devolve lanterna do Brasileiro ao América-MG
Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil
Santa Cruz
1 0
América-MG
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vitor (Arthur, min. 76), Danny Morais, Wellington e Roberto; Derley, Jádson (Danilo Pires, min. 91) e João Paulo; Léo Moura, Grafite (Bruno Moraes, min. 65) e Keno. Técnico: Adriano Teixeira
América-MG: João Ricardo; Christian, Éder Lima (Roger, min. 37), Messias e Ernandes; Juninho, Leandro Guerreiro (Danilo Dias, min. 84), Tony e Danilo Barcelos; Michael e Matheusinho (Renato Bruno, intervalo). Técnico: Enderson Moreira
Placar: 1-0, min. 32, Léo Moura
ÁRBITRO: Luiz Flávio de Oliveira (SP). Cartões amarelos: Roger (min. 45+1) e Keno (min. 78)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, disputada no Arruda, em Recife, Pernambuco

A tarde deste domingo (6), no Arruda em Recife, reservou o duelo dos times mais desesperados no Campeonato Brasileiro 2016. Dentro de campo, o Santa Cruz foi mais eficaz e levou a melhor por 1 a 0, sobre o América-MG, com gol solitário do experiente Léo Moura, marcado ainda no primeiro tempo do jogo, válido pela 34ª rodada. Mesmo com o resultado, ambos seguem na elite, adiando o já iminente descenso.

Com a vitória, a Cobra Coral pula para a 19ª colocação e chega aos 27 pontos. O único rival à frente é justamente o Coelho, que acabou indo à 20ª colocação, atrás no saldo de gols e amargando mais uma rodada na lanterna, mesmo saindo nas partidas anteriores, com uma série de triunfos.

As equipes voltam a campo, pela 35ª rodada da Segundona, só daqui a uma semana e meia. Os pernambucanos vão até o Paraná encarar o Coritiba, no Couto Pereira, às 21h (de Brasília) da quarta-feira (16), já os mineiros enfrentarão o Flamengo, no Independência, às 21h45 (de Brasília) no mesmo dia.

Santa é mais eficaz e sai em vantagem com Léo Moura

A partida até começou bem movimentada, mas com um poder abaixo do esperado no ataque das equipes. Mesmo sem ter a posse, foram os alviverdes que começaram assustando e levando perigo à meta coral. Através da bola parada, já que no chão não fluiu, Danilo Barcelos foi cauteloso e bateu falta muito próxima à trave esquerda.

Dois minutos depois, o Coelho voltou a dar o susto. Após passe errado de Keno, que ia em direção ao setor ofensivo, Michael arrancou com velocidade e saiu livre pelo lado direito. Apesar de ficar em liberdade na posição, o atacante alviverde bateu cruzado e a bola saiu perto da trave.

Mesmo com primeiro tempo equilibrado, corais saem em vantagem (Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil)
Mesmo com primeiro tempo equilibrado, corais saem em vantagem (Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil)

Sentindo a superioridade dos visitantes, os mandantes reagiram bem às investidas e, aproveitando um erro de marcação, tiraram o zero do placar no José do Rêgo Maciel. Roberto alçou bola da esquerda e Léo Moura explorou a falha defensiva, cabeceando firme dentro da rede, abrindo o marcador.

Nos minutos finais, os tricolores mantiveram boa postura e criaram a chance de ampliar a vantagem por duas oportunidades. Na primeira, Jádson viu Léo surgir com espaço. De primeira, o meia arrematou em direção ao gol e obrigou João Ricardo a intervir. No último lance a ser criado, Roberto cobrou tiro livre colocado e a bola saiu muito perto.

Mais Querido valoriza vantagem e consolida triunfo

Para a etapa final, o Coelho voltou com uma mudança, já que Renato Bruno entrou no lugar de Matheusinho. Apesar da modificação, foi a Cobra Coral que levou perigo, todavia sem ser eficaz. Autor do gol até então, Léo Moura serviu João Paulo ao dar um bom lançamento, mas o camisa 10 cabeceou fraco e não aproveitou.

Sem criatividade para atacar, o Mais Querido deu espaço para que o América pressionasse, criando assim boas oportunidades. Uma delas veio pelo atacante Michael, que recebeu de Tony dentro da pequena área e cabeceou sozinho, contudo mandou direto para fora e não foi eficaz.

Coelho não consegue ser efetivo e Mais Querido confirma vitória
Coelho não consegue ser efetivo e Mais Querido confirma vitória (Foto: Ney Gusmão/VAVEL Brasil)

Impulsionado pela torcida presente, com cerca de 8000 torcedores, os tricolores tiveram a chance de ir às redes. João Paulo, um dos poucos a buscar os lances, avançou com liberdade e chutou forte para defesa do camisa 1 americano. Afim de dar novo gás ao ataque, Adriano fez uma mudança no setor, promovendo a entrada de Arthur na vaga de Vitor, recuando Léo Moura à lateral. Com pouco tempo no gramado, o atacante recebeu de Bruno Moraes e, livre, bateu direto para fora e perdeu o segundo tento.

Na reta final, o jogo ficou em aberto, no entanto foram os anfitriões a tentar atacar. João Paulo aproveitou o espaço cedido pelo alviverde e arrematou de longe, parando no arqueiro. Em sequência, Derley teve bom momento e arriscou da intermediária, com a defesa do arqueiro do Verdão. No rebote, Arthur tocou para dentro do barbante, mas em posição irregular e arbitragem impugnou, ainda que não mexesse no resultado final.