São Paulo enfrenta Atlético-MG mirando seguir vivo na Libertadores

O tricolor tem missão quase impossível para poder continuar na competição

São Paulo enfrenta Atlético-MG mirando seguir vivo na Libertadores
Técnico Ney Franco ainda não confirmou escalação para jogo desta noite (Foto: Reprodução/ LANCE!Press)

Nesta quarta-feira (17), o São Paulo entra em campo em jogo decisivo pela Copa Libertadores e precisa vencer para garantir os dois pontos no torneio. A partida que é válida pelo Grupo 3, será realizada no estádio do Morumbi às 22h. 

O Tricolor que tem missão espinhosa contra o Atlético Mineiro, se desespera ao encontrar a frente a qualidade e tranquilidade do adverário. Afinal, a equipe mineira vem com Ronaldinho Gaúcho e uma campanha digna de aplausos na competição sul-americana. Diante da situação em que se encontra, o São Paulo precisa vencer para continuar vivo na disputa e poder voltar a sonhar com o título - que há dois anos não disputa.
 
O time de Ney Franco, também precisa torcer para que o Arsenal de Sarandi (ARG) vença ou empate sem gols com o The Strongest (BOL) - em partida marcada para o mesmo horário, na Argentina. Já o Galo, quer evitar que o Tricolor Paulista esteja em seu caminho na fase do mata-mata e, assim, poder seguir com mais tranquilidade - já que a classificação do clube paulista esta noite, fortaleça a equipe rapidamente na competição.  Para Cuca, o empate já basta. 
 
Desde que deu os primeiros passos na competição, o São Paulo teve apenas uma vitória, um empate e três derrotas. Com isso, não bastando a missão de bater a melhor equipe do torneio, vai precisar da ajuda de fora e sem poder contar com suas próprias  forças para se classificar. O Galo - dono da melhor campanha dentre os participantes - segue na liderança do grupo, com 15 pontos e dono de uma das duas vagas na próxima fase. 
 
Na partida desta noite, os desfalques são Luis Fabiano e Jadson, que estão suspensos e não atuam. Maicon também fica de fora, com um problema muscular na coxa esquerda. Porém, a escalação definitiva ainda não foi divulgada pelo técnico Ney Franco. Somente o goleiro Rogério Ceni - recuperado de dores no pé direito - e o zagueiro Rafael Toloi, liberado após um edema na coxa direita, foram confirmados. 
 
Já a equipe mineira, fica apenas sem Bernard. O técnico Cuca deve escalar o mesmo time que bateu o Arsenal por 5 a 0 - na rodada anterior. O Galo é o único time invicto, com 100% de aproveitamento na competição.