Ganso comenta dia atípico: "Estou feliz, mas não queria que a noite terminasse com derrota"

Camisa 10 do São Paulo avaliou derrota do Tricolor contra o Figueirense no dia em que foi confirmado o retorno à Seleção Brasileira para a disputa da Copa América Centenário

Ganso comenta dia atípico: "Estou feliz, mas não queria que a noite terminasse com derrota"
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Após vencer o clássico diante do Palmeiras no último domingo (29), com boa atuação e bom volume de jogo, o São Paulo veio a campo pra o duelo contra o Figueirense empolgado. Em um primeiro tempo apático das duas equipes,  a equipe catarinense aproveitou uma das chances que criou na primeira etapa, e dos pés do artilheiro Rafael Moura para marcar o único gol da partida, que foi o que sagrou a derrota do Tricolor paulista.

Apesar da derrota do São Paulo em Santa Catarina, o dia foi de alegria no clube pela a volta do meia Ganso à Seleção Brasileira para a disputa da Copa América Centenário. Destaque da equipe na temporada e principal jogador do tricolor nos últimos anos, o meia exaltou o bom momento que vive o time e lamentou terminar a noite com derrota diante do Figueirense.

"Estou muito feliz pela a convocação, mas não queria que a noite terminasse dessa maneira (com derrota), apesar do mau resultado de hoje, o clube vive um bom momento", avaliou.

Ganso falou de recomeço com a camisa da Amarelinha e de aproveitar a oportunidade que surgiu. O camisa 10 atribui seu bom momento e consequentemente sua convocação para a seleção, a Patón Bauza, seu treinador no São Paulo.

"O Patón tem uma grande parcela de contribuição. Porque ele não só ajustou nossa equipe, encaixou as peças taticamente para o time render bem, como vem me ajudando bastante. Fora (de campo) conversa muito comigo, me orienta e em campo me posiciona no melhor local para desenvolver meu futebol. Espero que possa melhorar sempre, não acomode e possa crescer sempre", afirmou. 

"Depois de quatro anos praticamente, acho que foi em 2012 a última vez. Agora é um recomeço. É o dia a dia. Tem que treinar bem, se preparar para o que vai vir, para quando entrar fazer o melhor. Tem que estar preparado. A oportunidade vai surgir. Quando surgir, aproveitar", completou.

Ganso durante a partida contra o Figueirense foi um dos melhores jogadores do São Paulo no revés. O meia criou algumas oportunidades e deixou os companheiros em boa situação de gol, mas não foi suficiente para chegar ao gol e mudar o resultado do jogo. O Tricolor volta a campo no próximo domingo (05) e enfrenta o Cruzeiro às 18h30 no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.