Com semana para trabalhar, Bauza elogia presença de jovens na vitória sobre Cruzeiro

São Paulo contou com oito jogadores da base relacionados para o jogo, com cinco entrando em campo

Com semana para trabalhar, Bauza elogia presença de jovens na vitória sobre Cruzeiro
Bauza elogiou o elenco ressaltando o uso dos jovens (Foto: Juan Mabromata / Getty Images)

Nesse domingo (05), o São Paulo venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no Mineirão pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2016. E a equipe segue na sua toada de consistência de equipe e mantendo contato com os líderes ficando com 10 pontos em sexto lugar na competição.

O time volta a campo no próximo sábado (11) às 21h, no Morumbi, diante do Atlético-PR. Assim, depois de algum tempo, o clube ganha uma semana sem jogos no meio da semana.

O técnico Edgardo Bauza falou sobre o elenco do São Paulo após a vitória contra o Cruzeiro considerando a partida taticamente muito boa.

"Estamos trabalhando com todo o plantel. Há alguns jogadores fora, nomes importantes, mas trabalhamos com todos. Hoje foi uma partida praticamente perfeita do ponto de vista tático. Tivemos alguns problemas no início do primeiro tempo, mas depois consertamos. Isso é fruto do trabalho que fazemos durante a semana. O Cruzeiro até conseguiu manter a posse da bola, mas não nos ameaçou", analisou.

O grande destaque do jogo, além do primeiro gol de Ytalo pelo clube, foi a presença de jogadores provindos da base de Cotia. Se nomes como Matheus Reis e João Schimdt têm sido utilizados com regularidade na equipe titular, valeu também pela chance dada a Auro, Lucas Fernandes (outro que vem tido alguns minutos) e Luís Araújo.

Também foram relacionados Lucão, Artur e Kal ,que não foram utilizados mas a comissão técnica mostra que pode dar alguns minutos para alguns jogadores vindos da base.

Vale lembrar que, dos 23 convocados para o jogo, oito vieram de Cotia, ou seja, 30% do time que foi a campo no Mineirão veio da base do clube para compor o time principal. Se contarmos nomes como Lucão e Lyanco, que vinham sendo utilizados, esse número sobe para nove, mostrando que os jovens podem ser importantes para a equipe se manter competitiva no Campeonato Brasileiro quando a Libertadores retornar.