Após longa negociação, São Paulo confirma permanência do zagueiro Maicon

Tricolor consegue convencer o Porto a negociar o defensor e resolve impasse que se arrastava nos últimos meses

Após longa negociação, São Paulo confirma permanência do zagueiro Maicon
Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC

Nesta terça-feira (28), finalmente houve a resolução da novela envolvendo o zagueiro Maicon, São Paulo e Porto. E para o bem de todos com o final feliz, especialmente para o clube do Morumbi e para o zagueiro que sempre demonstraram a vontade mutúa de permanecer lado a lado: o defensor assinará um vínculo definitivo com o Tricolor paulista. 

O São Paulo ainda não divulgou valores oficialmente, mas, de acordo com o UOL Esporte, o clube teve aceita uma proposta de 6 milhões de euros (22 milhões de reais), cedendo também metade dos direitos econômicos do zagueiro Lucão e do lateral-esquerdo Inácio. O Porto rejeitou uma proposta de 5 milhões de euros (18 milhões) e também não topou um reempréstimo.

A última e decisiva cartada do diretor de futebol do São Paulo, Gustavo Vieira de Oliveira foi aumentar a proposta financeira incluinndo direitos de atletas na composição do negócio, o que acabou agradando a diretiva portista e sendo aceito.

O zagueiro gravou um vídeo, veiculado no canal do clube numa rede social. Comemorando a permanência e também voltando a brincar com o rival The Strongest. Respondendo assim há uma provocação também ocorrida dos bolivianos, quando os mesmos venceram o tricolor na primeira rodada da Copa Libertadores 2016. "Se é para o bem de todos e a felicidade da nação tricolor, diga ao povo que fico", disse.

Vale lembrar que o contrato de empréstimo do defensor venceria na quinta (30) e muito provavelmente se despediria do torcedor no enfrentamento contra o Fluminense, que ocorre nesta quarta (29). Porém, todos estão aliviados não só com a permanência por agora mas também por continuar para a semifinal da Libertadores diante do Atlético Nacional, nos dias 6 e 13 de julho.

O jogador chegou ao clube em fevereiro e conquistou brevemente o coração do torcedor não só pelas atuações seguras que teve, especialmente num setor carente da equipe, mas também por conta de seu estilo de liderança, algo que o clube tem sentido falta após a aposentadoria de Rogério Ceni.