"Para ser melhor do mundo, precisa respeitar seus adversários", diz boliviano que deu cotovelada em Neymar

Yasmani Duk afirma que não teve intenção de agredir o brasileiro

"Para ser melhor do mundo, precisa respeitar seus adversários", diz boliviano que deu cotovelada em Neymar
(Foto: Reuters)

Quem acreditou que a goleada do Brasil por 5 a 0 contra a Bolívia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo traria vida mansa a Neymar se enganou. Durante o confronto, o brasileiro recebeu uma cotovelada do boliviano Yasmani Duk que resultou em um corte no supercílio direito. Ele, no entanto, disse que não teve a intenção de acertar o golpe, mas reclamou da postura do mesmo, alegando que precisa respeitar seus rivais.

"Neymar vinha provocando todos no jogo, mas minha intenção era apenas cortar uma jogada, como deve ser no futebol. Todos sabem que o esporte é assim, a mim me quebraram o nariz e não disse nada. Para ser o melhor do mundo ele tem que deixar de ser exibido e respeitar os seus rivais", declarou.

O corte no segundo tempo da goleada, onde o Brasil já vencia por 4 a 0. Neymar foi substituído por Willian logo depois do lance. Duk também lembrou que sua postura foi natural, na tentativa de impedir que Neymar lhe driblasse.

"O futebol é um esporte de contato, vou tentar tirar a bola porque venho lendo a jogada, ele queria me dar uma caneta e então abri o braço. Não me dei conta da cotovelada, nunca fui mal-intencionado, mas infelizmente aconteceu", finalizou.