Martorelli detona Federação Pernambucana: "Demos um crédito e vimos isso"

Presidente leonino estava revoltado em entrevista coletiva por conta do gol em impedimento que deu a vitória ao Santa Cruz

Martorelli detona Federação Pernambucana: "Demos um crédito e vimos isso"
Foto: Williams Aguiar/Sport

Na última quarta (05) houve a primeira partida da final do Campeonato Pernambucano 2016 e a arbitragem, que já havia gerado polêmica mesmo antes dos jogos acontecerem, realmente deu o que falar após a partida. Principalmente pelo lado rubro negro, que além de seus jogadores, viu seu presidente reclamar bastante da atuação do arbitro Emerson Sobral, enfatizando o gol da cobra coral que contava com o atacante Grafite em posição irregular.

O Presidente do Sport, João Humberto Martorelli foi enfático na entrevista que cedeu após o final da partida, afirmando que o clube será desvinculado da Federação Pernambucana de Futebol.

"Gostaria de registrar a minha indignação com o gol validado em impedimento clamoroso. Ações como essa mostram que o ambiente do futebol é promíscuo. Nós no Sport tentamos tratar do futebol de maneira reta e fidalga, mas só levamos rasteiras. Demos um crédito de confiança à comissão de arbitragem e vimos isso. A Federação Pernambucana de Futebol, o presidente Evandro Carvalho, o diretor Murilo Falcão e a comissão de arbitragem não contam mais com qualquer tipo de apoio do Sport. "O presidente da FPF disse que se não for para colocar árbitros da comissão de arbitragem é melhor extinguir a comissão. Pois extinga", protestou Martorelli.

O advogado também disse que existe um complô para que o título não fique com o Leão da ilha. Por isso que eu digo que o Campeonato Pernambucano não tem um conteúdo sério, que não presta. "É um campeonato político e que evidentemente está armado para ter um campeão que naturalmente nao é o que apresenta o melhor futebol", afirmou.

E não parou por ai. Mesmo com as adversidades ditas pelo presidente, o mesmo enfatizou que o time da praça da bandeira conquistará o 41º título estadual. "Vamos tomar todas as providências possíveis do ponto de vista jurídico. Vamos reverter esse resultado contra tudo e contra todos. Contra a FPF, contra Evandro Carvalho, Murilo Falcão e a comissão de arbitragem. Vamos ser campeões pernambucanos", concluiu.