Diego Souza reconhece dificuldade contra Palmeiras: "Sabem jogar com o resultado a favor"

Destaque do Sport no Brasileirão e brigando pela artilharia, meia admite força do atual líder dentro de seus domínio

Diego Souza reconhece dificuldade contra Palmeiras: "Sabem jogar com o resultado a favor"
(Foto: Williams Aguiar/Sport Recife)

O momento do Sport é de pressão em busca do resultado positivo para se afastar da zona de rebaixamento e permanecer na elite do futebol brasileiro por mais uma temporada. Não perder pontos é mais que importante. Entretanto, o Leão da Praça da Bandeira encara o Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro da Série A, às 17 horas do próximo domingo (23), no Allianz Parque, pela 32ª rodada. 

Porém, uma das principais armas leoninas na atual temporada e que faz a diferença nas últimas partidas, o meia Diego Souza pode ser uma boa arma para o rubro-negro pernambucano vencer a equipe alviverde em São Paulo pelo terceiro ano consecutivo. Ídolo no Porco, o jogador concedeu entrevista coletiva e falou do que o escrete precisa fazer para conquistar a vitória fundamental neste fim de semana. 

"Primeiramente, temos que ter cuidado com o início da partida. O Palmeiras é uma equipe que tem um começo muito agressivo quando joga em casa. Eles praticam uma marcação forte e a nossa não pode ser diferente. Temos que começar atentos e marcando firme, sem dar espaço para o time deles, que tem muita qualidade, e vai tentar nos surpreender no início. É uma equipe rápida e que sabe jogar com o resultado a favor",  disse. 

O camisa 87 tem ciência de que cada uma das sete rodadas até o fim do Brasileirão pode decidir o futuro leonino, se permanece ou não na elite do futebol nacional em 2017. Além do mais, a busca por um recorde histórico para o clube o motiva a continuar a ajudar o Sport na reta final do principal torneio do país. Com 11 gols marcados, Diego Souza está a apenas três tentos de igualar Luís Carlos, maior artilheiro da equipe pernambucana na história do Campeonato Brasileiro, com 14 gols assinalados em 1985. 

"Sem dúvida, temos um elenco que gosta dos maiores desafios. Esse é o tipo de partida que vai receber a atenção do Brasil inteiro. São nesses jogos, inclusive, que o jogador fica marcado na história",  concluiu Diego Souza. 

A disputa contra o rebaixamento segue bastante acirrada. O Sport ocupa a 14ª colocação, com 37 pontos, a dois do Vitória, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento. O clube precisa do triunfo para evitar o retorno à degola, a depender também do resultado das outras equipes em situação semelhante, a exemplo de Coritiba e Internacional.