Sonhando com volta à Libertadores, Vasco e Santa Cruz se enfrentam em São Januário

Respectivamente na Série B e na zona de rebaixamento da primeira divisão, times sonham com título da Copa do Brasil e retorno à Libertadores

Sonhando com volta à Libertadores, Vasco e Santa Cruz se enfrentam em São Januário
Times se enfrentaram pela última vez em 2014, na Arena Pantanal (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)
Vasco da Gama
Santa Cruz
Vasco da Gama: Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan, Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (william Oliveira), Andrezinho, Nenê; Jorge Henrique, Leandrão; TEC: Jorginho.
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais, Tiago Costa; Uillian Correia, Marcílio, João Paulo; Keno, Marion, Arthur; TEC: Milton Mendes.
ÁRBITRO: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso - PA (CBF), auxíliado por Celso Luiz da Silva - MG (CBF) e Luiz Antônio Barbosa - MG (CBF).
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira fase (jogo de ida) da Copa do Brasil 2016, à ser realizada nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro.

Vasco e Santa Cruz se enfrentam nesta quarta-feira (12), às 21h45, em São Januário, pela terceira fase da Copa do Brasil. A partida de ida entre as duas equipes representa, para os catiocas, o primeiro grande adversário na competição, e para o Santa, a chance de melhorar o atual momento, já que a equipe pernambucana ocupa colocação dentro da zona de rebaixamento da Série A.

O Vasco vem de classificação apertada, diante do CRB, onde, apesar da vitória fora de casa por 1 a 0, o jogo de volta, no mesmo palco da partida diante do tricolor pernambucano, foi sofrido. Graças a Rafael Vaz, hoje vestindo a camisa do rival Flamengo, o Gigante da Colina evitou, nos últimos minutos, que a decisão da vaga fosse para os pênaltis com um empate por 1 a 1. O oposto aconteceu com o Santinha, que venceu o Vitória da Conquista por 2 a 0, como visitante, no jogo de ida, eliminando a necessidade de uma segunda partida. Esta regra cai na terceira fase, tornando assim obrigatórios os dois jogos, que definirão um classificado para permanecer na competição.

Joelson Nazareno Ferreira Cardoso, do Pará, apita a partida. Ele terá o auxílio dos assistentes Celso Luiz da Silva e Luiz Antônio Barbosa, ambos de Minas Gerais. Todos fazem parte do quadro da Confederação Brasileira de Futebol.

Vasco vai a campo com o que tem de melhor: Eder Luís, Rafael Marques e Fellype Gabriel são ausências confirmadas

Não é segredo que o Vasco da Gama sonha com o retorno à elite do futebol em 2017. Para isso, a liderança na Série B é importantíssima, e quanto menos partidas a equipe tiver, melhor. Contudo, fora da Libertadores, a principal competição do continente sul-americano, desde 2012, Jorginho deixa claro que o foco se dividirá. Comissão técnica e diretoria convergem com o mesmo pensamento, e para isso, a ordem é usar o que tiver de melhor na Copa do Brasil.

Para isso, o Vasco contará com os retornos de Martín Silva e Leandrão, suspensos no compromisso contra o Brasil de Pelotas, no último sábado, além do atacante Jorge Henrique, que também desfalcou a equipe na ocasião, mas por motivos médicos, já que o atleta se recuperava de uma amigdalite e do zagueiro Jomar, que se recuperou de cirurgia e já pode voltar a campo.

Se entre os titulares tudo vai bem, no banco de reservas Jorginho tem problemas. Eder Luís, que esteve fora da última partida na Série B, ainda não se recuperou das dores musculares que o acometeram nos últimos dias, o mantendo longe das atividades. Outra baixa garantida é a de Rafael Marques, já que o recém contratado zagueiro, já atuou pelo Coritiba na mesma competição ficando, portanto, vetado de qualquer participação por outro clube. No departamento médico do clube, Fellype Gabriel segue em processo de condicionamento físico e também está vetado.

Santa Cruz viaja para o Rio com time completo

O Santa Cruz terá duas partidas fora de casa em sequência. A primeira delas, contra o Vasco, pela Copa do Brasil, e depois, diante do lanterna América-MG, pela Série A. para os compromissos, Milton Mendes terá 31 atletas a sua disposição, entre eles nomes como o do goleiro Muller e de Renatinho, que não era relacionado há um bom tempo. Grafite também viajou, mas a sua presença diante do Vasco ainda não é garantida. O atacante se recupera de uma lesão na coxa direita e o Departamento Médico do tricolor corre contra o tempo, para colocá-lo em condições de jogar.

São desfalques, além de Allan Vieira, que se recupera de lesão muscular, e Luan Perez, que passando por problemas pessoais, não vem sendo relacionado para os compromissos do Santa Cruz, os volantes Jadson e Danilo Pires, que já atuaram por outras equipes na mesma competição.

O Santa compartilha da mesma vontade do Vasco no que se diz respeito ao título da competição. Muito longe do G4 da Série A, o tricolor pernambucano sabe que só resta o caminho pela Copa do Brasil, para o tão sonhado retorno à Livertadores.