'Quase 100% feliz', Jorginho parabeniza jovens do Vasco após empate com Luverdense

Treinador lamentou as lesões que tiraram William e Caio Monteiro durante o 1 a 1 fora de casa, mas se disse satisfeito com a arrumação dos garotos em campo até pelo desgaste da viagem

'Quase 100% feliz', Jorginho parabeniza jovens do Vasco após empate com Luverdense
Para o treinador, só faltou a 'cereja do bolo': vencer o jogo (Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

O Vasco empatou com a equipe do Luverdense, neste sábado (16), em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, porém, ao contrário do que se possa pensar, o comandante da Nau vascaína se disse satisfeito com a atuação da garotada em campo. O gol sofrido, já no fim, aos 45 minutos, depois de três alterações por problemas físicos e com a equipe cansada, foi amenizado por Jorginho. O resultado de 1 a 1 manteve a equipe de São Januário na liderança da Série B, mostrando, portanto, sua importância, já que nos planejamentos da direção de futebol, uma derrota, com a equipe quase que completamente reserva, no Passo das Emas não seria preocupante.

Após o primeiro gol de Yago Pikachu com a camisa cruzmaltina, aos 14 minutos da segunda etapa, tudo parecia certo, mas com as lesões de William e Caio Monteiro, e com o desconforto na região da costela, sentido pelo estreante Rafael Marques, a equipe sucumbiu ao cansaço nos minutos finais, dando espaço e sofrendo o fatídico empate. Por tudo isso, Jorginho se mostrou contente na coletiva.

“Poderia falar que eu estou 100% feliz, mas vou dizer que estou apenas 99. Só faltou a cereja do bolo, por vencermos o jogo, pela dificuldade que é jogar aqui. É muito desgastante. São dois voos, mais um ‘voo rasteiro’ de ônibus, teve atraso... perdemos dois jogadores no primeiro tempo, e fui obrigado a substituir. Se tivéssemos mais gás...”, lamentou.

Jorginho finalizou deixando claro sua aprovação e contentamento com a atuação dos reservas, muitos deles, meninos da base, que se impuseram e, segundo o treinador, fizeram o dever de casa, da forma como ele pediu.

“Fiquei feliz com a resposta dessa molecada, fizeram as duas linhas de quatro, como pedi, não deram oportunidades. Só não fico 100% feliz, mas todos estão de parabéns”, concluiu Jorginho.

O Vasco volta agora as atenções para a Copa do Brasil, já que na próxima quarta-feira (20), a equipe enfrenta o Santa Cruz, pela partida de volta da terceira fase da competição nacional. Com o empate por 1 a 1 em São Januário, o Vasco agora, obrigatoriamente, precisa marcar no Arruda. Além de uma vitória por qualquer placar, a equipe carioca joga também por empates, a partir de 2 a 2. Pela Série B, o próximo compromisso do Vasco é com o Bragantino, no próximo sábado (23), às 16h30 (de Brasília), em São Januário.