Jorginho visa conquista da Copa do Brasil e avalia oitavas de final: 'Não temos que temer ninguém'

Vasco encara o Santos, nesta quarta-feira, com a volta do zagueiro Luan

Jorginho visa conquista da Copa do Brasil e avalia oitavas de final: 'Não temos que temer ninguém'
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

O último treino do Vasco antes de enfrentar o Santos, nesta quarta-feira (24), pela Copa do Brasil, foi fechado à imprensa. O mistério feito pela comissão técnica de Jorginho mostra o que o Cruz-Maltino pretende na competição: surpreender. Assim como já dito pelo presidente Eurico Miranda, o comandante vascaíno disse que a conquista da competição, que garante uma vaga na Libertadores, seria de grande valia para o time de São Januário.

"Seria o ápice para esse ano voltar à primeira divisão classificado para Libertadores. Seria um ano extraordinário, de ouro para nós", disse o treinador. 

Porém, Jorginho sabe que a missão do Vasco é complicada. O treinador fez questão de elogiar a equipe adversária, mas, segundo ele, o Cruz-Maltino não deve temer ninguém.

"Sabemos a qualidade do Santos. Um time veloz e com muita qualidade técnica. Para chegar ao objetivo, vamos ter que matar um leão de cada vez. O desafio é bom. É um jogo de 180 minutos, temos que saber jogar e vamos com confiança por sermos um grande time. Temos uma das maiores torcidas do país e não temos que temer ninguém", frisou Jorginho.

A boa notícia para o torcedor vascaíno é que Luan, campeão olímpico com a seleção brasileira, viajou com a equipe e, inclusive, foi confirmado pelo técnico Jorginho na coletiva. Ao que tudo indica, o zagueiro volta a fazer dupla com Rodrigo. Vasco e Santos se enfrentam nesta quarta-feira (24), às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. A partida é válida pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil.