Marinho não se recupera dentro do prazo e desfalca Vitória contra Ponte Preta e Sport

Grau de lesão na coxa foi confirmada e o meio não joga na quinta-feira; atleta pode seguir fora contra Sport e Cruzeiro

Marinho não se recupera dentro do prazo e desfalca Vitória contra Ponte Preta e Sport
Foto: Divulgação/Vitória

A semana não começou com boas notícias para o Vitória. Se recueprando de lesão desde semana passade, o atacante e principal jogador do Vitória na temporada Marinho ficará afastado dos gramados por mais tempo que o esperado. Nesta segunda (10), foi constatado lesão de grau 2 na coxa esquerda em exames realizados no último sábado (8), tirando o atleta de combate nas próximas duas semanas.

De acordo com o médico do time baiano, Wilson Vasconcelos, o jogador não só ficará de fora contra a Ponte Preta no dia 13 como também desfalca o Leão contra o Sport no fim de semana em Recife. O médico trabalha com a hipótese do atacante voltar apenas na 32° rodada, quando o time recebe o Cruzeiro no Barradão no dia 23.

"Marinho sentiu a posterior da coxa no jogo de meio de semana. Foi feito o exame no sábado, e tivemos acesso ao exame no dia de ontem. Ele teve uma lesão muscular grau 2. A gente acredita que seja em torno de duas a três semanas de cicatrização. Ou seja: ele está fora dos próximos jogos. Temos que trabalhar com uma margem curta de intervalo para ver se conseguimos recuperá-lo para o jogo contra o Cruzeiro, no Barradão", afirmou.

Não é a primeira lesão do atacante na temporada. Em maio, Marinho sofreu um estiramento no ligamento do joelho esquerdo ainda no campeonato baiano, que se agrvou após o torneio. No mês seguinte, o camisa 7 levou uma pancada no nariz e teve de passar por uma cirurgia. Em ambos os casos, o atleta se recuperou antes do tempo previsto (15 dias de tratamento). E é nisso que o departamento médico confia para que o atacante volte o quanto antes para ficar a disposição do técnico Argel Fucks.

"Esses dois jogos [Ponte e Sport] está fora com certeza. A gente até acredita que um tempo a mais. Trabalhamos com o tempo curto, mas é porque tem o poder de recuperação do atleta. Às vezes, uma lesão grau 2 até se recupera. Pelo histórico de lesão de Marinho dentro do clube, ele tem um poder de recuperação maior do que outros atletas. Ele teve duas lesões importantes. Uma fratura no nariz, e, com 15 dias, estava jogando. E uma no joelho, que, com 15 dias, também estava jogando. Então estamos apostando nisso aí.", encerrou o médico Wilson Vasconcelos.