Argel Fucks analisa derrota para o Sport: "Inexplicável, fizemos uma grande partida"

Comandante afirmou que sua equipe foi melhor em campo e ficou satisfeito com desempenho do Vitória mesmo após derrota em Recife

Argel Fucks analisa derrota para o Sport: "Inexplicável, fizemos uma grande partida"
Foto: Francisco Galvão/Vitória

Na Ilha do Retiro neste domingo (16), o Vitória enfrentou o Sport e foi derrotado por 1 a 0 com gol de Diego Souza logo aos cinco minutos da etapa inicial. O resultado recolocou a equipe baiana na zona de rebaixamento da Série A, em 17° lugar com 35 pontos ganhos. Esta foi a terceira derrota consecutiva do Vitória após a goleada aplicada na Chapecoense no dia primeiro de outubro.

No entanto, o Vitória teve chances de sair da partida com o resultado positivo. No primeiro tempo, o time desperdiçou duas cobranças de pênaltis com Zé Love e Kieza. Para Argel Fucks, o resultado ficou sem explicação pelo que aconteceu nos 90 minutos. "Inexplicável. Fizemos uma grande partida, dominamos o adversário, jogamos bem o primeiro tempo e o segundo. Tivemos mais posse de bola, o controle da partida, agredimos mais o adversário. Mas é inacreditável o futebol. Você perder dois pênaltis. Não tem muito o que explicar. Depois de uma partida dessa que fizemos, o que explicar? Voltamos a jogar bem e isso me satisfaz, muito pouco, mas satisfaz".

O comandante também comentou sobre a entrada de Alípio na partida. O atleta não vinha recebendo oportunidades desde a chegada do treinador. "O Alípio é um jogador veloz e criou dificuldades do lado direito. Temos que dar oportunidade a quem treina bem", ressaltou.

Depois do 4 a 1 sobre a Chape no sábado (1°) que antecedeu às eleições, a equipe baiana perdeu em casa para o Grêmio por 1 a 0 e fora para a Ponte por 2 a 0 e mais esse revés diante do rubronegro pernambucano. O time terá os desfalques de Amaral, Kanu e Marcelo, que cumprirão suspensão por cartão amarelo e espera decisão até a sexta-feira (21) se o atacante Marinho voltará aos gramados.

Para a próxima rodada, Argel quer a força da torcida a seu favor. Uma vitória pode colocar seu time fora da zona da degola. "O torcedor tem que acreditar. Até porque, quando chegamos aqui, pegamos o time em 18º, não em quarto ou quinto. Sabemos a dificuldade que é o campeonato. Inclusive o Sport não ganhava há quatro ou cinco jogos.. Hoje estamos dentro da zona, em 17°. Temos quatro finais em casa. A gente convoca o torcedor. Precisamos que o nosso adversário, o Cruzeiro, sinta a pressão que sentimos aqui.", encerrou.

O time volta a campo para jogar diante de seu torcedor. O Vitória receberá o Cruzeiro no próximo domingo (23) às 16h no Barradão em duelo que valerá pela 32° rodada do Campeonato Brasileiro.