Conheça Rafael Silva, judoca brasileiro medalha de prata em Londres 2012

Rafael é a esperança brasileira na categoria acima dos 100 quilos nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Conheça Rafael Silva, judoca brasileiro medalha de prata em Londres 2012
Conheça Rafael Silva, judoca brasileiro medalha de prata em Londres 2012

O Brasil já conquistou 108 medalhas em Jogos Olímpicos. O judô é segunda modalidade que mais subiu ao pódio representando a delegação brasileira, sendo 19 medalhas conquistadas. Um dos principais nomes do país é o judoca Rafael Carlos da Silva, o Baby, que atua na categoria dos pesados, para atletas com mais de 100 quilos.

O esporte estreou nos Jogos de Tóquio 1964, e conta com a participação das mulheres desde Barcelona 1992. Nos Jogos Rio 2016, serão sete categorias masculinas e sete categorias femininas. Angelo Parisi (França) é o maior medalhista entre os homens, com quatro medalhas no total. A japonesa Ryoko Tani é a recordista no feminino, com cinco medalhas.

Carreira

O judoca de 29 anos foi o primeiro brasileiro a conquistar uma medalha olímpica nos pesos pesados. Com 165 quilos e 2,03 metros de altura, Baby é natural de Rolândia, cidade do estado do Paraná. Rafael iniciou no judô com 15 anos de idade.

A sua primeira medalha de grande expressão foi nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México. Ele conquistou a prata após perder a final para Óscar Brayson, de Cuba. Naquela edição, o Brasil liderou o quatro de medalhas na competição, somando 13 em todas as categorias.

Rafael Silva tem duas medalhas em campeonatos mundiais. O brasileiro conquistou uma prata em 2013, competição que foi realizada no Rio de Janeiro. Na decisão, Baby acabou derrotado pelo francês multicampeão Teddy Riner. No mundial seguinte, em Cheliabinsk, na Rússia, o brasileiro perdeu mais uma vez para Teddy Riner, mas desta vez na semifinal. Rafael venceu Roy Meyer e ficou com o bronze.

A última temporada não foi muito boa para Rafael. Com uma lesão no tendão do peitoral sofrida durante um treinamento de força, o judoca ficou de fora do Pan-Americano de Toronto e foi cortado do Mundial de Astana, no Cazaquistão. David Moura ficou com a vaga nas duas competições. Seu retorno aconteceu no começo deste ano, após sete meses parado. Ele foi eliminado na primeira luta no Grand Prix de Havana, em Cuba.

Em fevereiro de 2016, Rafael Silva conquistou o bronze no Grand Prix de Samsun, na Turquia, batendo o concorrente brasileiro na disputa do terceiro lugar. Esta vitória fez Baby superar o oponente no ranking mundia.

Foto: Buda Mendes/Getty Images

Expectativa para o Rio 2016

Baby garantiu vaga nas Olímpiadas. Ele disputou vaga na categoria dos pesados com David Moura. No último dia 1º de junho, ele foi convocado para os Jogos Rio 2016. Além dele, o time masculino é composto por Felipe Kitadai (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg), Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo (90kg) e Rafael Buzacarini (100kg).

Rafael Silva está na oitava posição do ranking mundial de judô, com 1561 pontos. Essa lista reúne as pontuações das competições oficiais realizadas desde 2014. Com a confirmação de sua participação na Olímpiada, Baby é um dos favoritos à medalha. A concorrência é forte na categoria acima dos 100 quilos, mas o brasileiro já provou que é um grande competidor quando está 100% fisicamente.

Desempenho em Londres 2012

Rafael esteve na Chave D do torneio acima dos 100 quilos nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Ele estrou contra o islandês Thormodur Jonsson e venceu.  O brasileiro também venceu nas oitavas de final, ao bater Marius Paskevicius, da Lituânia. Nas quartas de finais, perdeu para Alexander Mikhaylin na decisão dos juízes. Na repescagem, Baby venceu o húngaro Barna Bor e na disputa do bronze ganhou do sul-coreano Kim Sung-Min com um Yuko e um Wazari. Teddy Riner ficou com o ouro.

Foto: Quinn Rooney/Getty Images