Resultado luta Anderson Silva vs Cormier e José Aldo x Edgar no UFC 200

Resultado luta Anderson Silva vs Cormier e José Aldo x Edgar no UFC 200
Resultado luta Anderson Silva vs Cormier e José Aldo x Edgar no UFC 200

Desejamos uma ótima noite, um grande domingo e fica o convite para acompanhar o dia de muitos esportes conosco. Te esperamos na próxima na VAVEL Brasil! Um grande abraço e até lá.

Vamos encerrando aqui a transmissão da noite especial do UFC 200. Agradecemos sua presença neste tempo real.

A noite é encerrada de forma categórica. O UFC 200 termina de forma gigante. Amanda Nunes e seu primeiro cinturão!

"Todo lutador tem a chance de mudar sua maneira de lutar. Sempre busquei alternativas para mudar minha vida. Miesha é muito difícil, temos de respeitar, mas sou a nova campeã. Me sinto muito bem e voltarei ao Brasil, visitarei meus pais e verei minha avó."

A PRIMEIRA MULHER BRASILEIRA CAMPEÃ DO UFC! AMANDA NUNES ESCREVE A HISTÓRIA!

A hora do anúncio. A hora da entrega do cinturão. O segundo do Brasil na noite.

Um massacre. Joelhadas, diretos de encontro, Miesha sentiu demais, abriu a guarda, balançou, ficou entregue e Amanda foi trabalhando a situação, armando o bote até encaixar o mata-leão para finalizar!

UM TRATOR CHAMADO AMANDA NUNES. IMPRESSIONANTE!

AMANDA NUNES, CAMPEÃ DO PESO-GALO FEMININO!

1º Round: A AMERICANA ESTÁ SÓ O PÓ! AMANDA VAI VENCER!

1º Round:  BALANÇOU! AMANDA MASSACRA! SENTE MIESHA! NEM SABE DE ONDE VEM TANTA MÃO!

1º Round: MIESHA SENTE A DIREITA E A BRASILEIRA TEM TUDO PARA O TÍTULO!

1º Round: Belíssima joelhada da brasileira, escapando da queda.

1º Round: Tate busca a queda, escapa e ainda senta a direita.

1º Round: Belo direto da brasileira, de encontro à rival.

1º Round: Miesha já tenta uma queda, bem defendida.

1º Round: COMEÇOU!

A hora chegou!

Evento principal do UFC 200. Sete anos depois do UFC 100, chegamos ao ápice!

Iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiit's TIIIIIIIIIIIIIIME!

Herb Dean é o árbitro do duelo.

Vale o cinturão do peso-galo feminino. Bruce Buffer e o anúncio.

São sete vitórias por finalização. 12 vitórias das últimas 15 lutas. Que duelo!

Ao som de Katy Perry, entra Miesha.

São nove vitória por nocaute. Cinco vitórias das últimas seis. Um trator.

E com Revelação, Amanda Nunes aparece no octógono!

Miesha, 18 vitórias. Amanda, a que mais tem chances atualmente. O combate promete demais para fechar o duelo.

Duelo pelo cinturão feminino. Miesha Tate x Amanda Nunes. Promete demais.

E agora teremos o evento principal do UFC 200.

"Demorou um pouco só pra mim sentir esse clima. Palavras não descrevem. Apenas agradecer. Eu estou muito feliz. Eu quero apenas uma palavra. Uma palavra aos homens que vestem uniforme e protegem esse país. Deste homem branco, precisamos da união de todos."

Por decisão unâmime, Brock Lesnar vence o combate!

Vamos para o resultado.

E teremos mais uma luta com decisão dos juízes.

O gongo soa e a luta acaba. Brock Lesnar retorna com a bem provável vitória.

ACABOU!

3º Round: Lesnar segue dando golpes potentes minando a defesa do rival. A vitória é questão de tempo.

3º Round: Mark Hunt sofre por baixo!

3º Round: Guarda passada para Brock Lesnar! 

3º Round: Lesnar castiga bem Mark Hunt e encaminha a vitória.

3º Round: Os dois seguem no chão, mas bem travada e sem emoção.

3º Round: Brock fica por cima, golpeia e carrega o combate para sua vitória.

3º Round: Põe no chão, Lesnar. Bela puxada.

3º Round: Boa sequência de Hunt, entrando na defesa de Lesnar.

3º Round: Combate final entre os dois.

Mais morno, os dois lutadores pouco produziram.

Fim de combate.

2º Round: Fim de round.

2º Round: Lesnar tenta a queda e é bem bloqueado pelo rival.

2º Round: Hunt começa a apertar o ritmo.

2º Round: Os dois estão andando pelo ringue, mas com poucos golpes efetivos.

2º Round: Boa sequência de golpes de Mark. Defesa de Lesnar firme.

2º Round: Hunt se defende bem da queda do rival.

2º Round: Lesnas mais sólido, lúcido do que fazer para cadenciar.

2º Round: Belo cruzado de direita do samoano, pegando na defesa.

2º Round: Os dois se estudam mais. Hunt busca a brecha.

2º Round: Vamos com o segundo.

Lesnar vence o primeiro round dominando a luta no chão, principalmente.

1º Round: Hunt sobrevive ao primeiro round.

1º Round: Hunt escapa e é levado pro chão de forma categórica. E Brock já cai montado.

1º Round: Hunt de costas é castigado por trás de Lesnar.

1º Round: Hunt trava por baixo e tenta escapar.

1º Round: Brock tenta o giro para conseguir a montada.

1º Round: Meu amigo, é duelo de dois armários!

1º Round: Brock Lesnar corre de joelhos e consegue por o rival pra baixo!

1º Round: Hunt entra no contra golpe e raspa a fuça do canadense.

1º Round: Amigos, começou! E são gigantes!

Buce Buffer apresenta e a luta vai começar!

Ele que retorna após problema de saúde, ida ao WWE e agora volta para o UFC.

E ao som de Mettalica, Brock Lesnar vai à arena.

Mark Hunt entra na arena. O super samoano nos preparativos finais.

Co-main event da noite. Luta entre gigantes!

Agora vamos com o retorno do gigante Brock Lesnar, que encara Mark Hunt.

"Pra mim foi um grande desafio pessoal aceitar essa luta. Consegui por em prática tudo o que aprendi esse ano. Quase não treinei e fica a lição. Podemos tudo com boa vontade no coração."

Não precisou de muito. Até pela pouca preparação de Spider.

Por decisão unânime, Daniel Cormier vence. E tivemos vaias.

Vamos para o julgamento dos árbitros.

Anderson é ovacionado por tudo o que ele fez para esse combate e Cormier reverencia o oponente.

Fim de luta!

3º Round: Spider parte pra cima, senta a perna e consegue bons golpes! Cormier vai pro clinch.

3º Round: OLHA O SPIDER! No minuto final, Spider acerta bela sapatada em Cormier, que sente demais e balançou! 

3º Round: Minuto final.

3º Round: E ambos sobem.

3º Round: Apesar do Cormier dominar no chão, Anderson controla bem.

3º Round: Cormier busca apertar o passo pra tentar finalizar antes do fim.

3º Round: A torcida não gosta da luta.

3º Round: Novamente entramos na luta de chão. Cormier por cima e Anderson travando.

3º Round: Spider entra forte com cotovelo, mina o rival, que clincha e joga pra baixo.

3º Round: E o Spider começa com tudo! Joelhada voadora!

Round final!

Cormier novamente levou a melhor, mas mais pelo trabalho de chão. Anderson bem lúcido.

Fim de round. 

2º Round: Ambos parecem exaustos.

2º Round: Bela joelhada de Spider. Balançou o Daniel.

2º Round:  E o juizão levantou ambos.

2º Round: Cormier faz o arroz com feijão. Anderson não tem muito o que fazer a não ser travar a movimentação.

2º Round: Ambos ficam na trocação de guarda e a torcida vaia.

2º Round: Tem tempo e condições para trabalhar a guarda no chão, Daniel.

2º Round: E Cormier novamente faz a queda com facilidade.

2º Round: Spider parte pra cima, tenta fazer algo em pé.

2º Round: Começou!

Cormier foi ao chão e dominou a luta. Natural, por tudo o que cerca o combate. Spider até que se segurou bem, na medida do possível

Fim de round.

1º Round: Cormier comanda as ações no chão.

1º Round: Spider, mesmo sofrendo, tranca bem a luta.

1º Round: Anderson já sente o olho. Luta é do americano no solo.

1º Round: Luta complicada para o brasileiro pela maior força, maior peso do americano.

1º Round: Fica travado no começo, buscando o cotovelo por cima, Cormier.

1º Round: Luta fica no chão e Cormier minando o brasileiro.

1º Round: Spider trava os braços, trava o movimento do americano.

1º Round: Cormier tenta jogar pro chão. Trabalho de queda.

1º Round: Começou!

Vamos com a luta! A hora chegou!

Bruce Buffer com o anúncio dos lutadores.

Ele é o favorito, tem a pressão, tem o peso pra vencer. A luta não vale nada no sentido de título, apenas a provação para Spider de que ainda pode voltar aos áureos tempos.

Atual campeão, Daniel chega com a galera de apoio. Atual campeão dos meio-pesados.

É o maior defensor de títulos da história do UFC.

Após derrota que até o presidente Dana White contestou, contra Michael Bisping, ele voltou para as lutas. Logo após uma cirurgia. Após uma fratura na perna. Após ouvir um monte de coisas.

Com os filhos, com muita marra, com apoio da galera pelo mundo, o maior lutador de MMA entra na arena!

Seria Cormier x Jones, mas Bones foi pego por doping e Spider foi chamado às pressas. Vamos ver no que vai dar.

Daniel Cormier é extremamente perigoso, favorito, atual campeão dos meio-pesados. Será mais um teste para o Spider.

O maior lutador de MMA volta às lutas. Anderson Silva não é o favorito e terá um rival duríssimo.

E agora teremos o retorno do Spider!

"Eu só tenho um objetivo. Voltar ao título. Eu quero esse merda. Na próxima vez que eu pegá-lo aqui, vou acabar com ele."

E o Brasil retoma um cinturão no UFC! E agora teremos Aldo x McGregor!

MAIS FORTE QUE O MUNDO!

Decisão unânime para JOSÉ ALDO!

Vamos para a decisão!

Se for pelo estado físico, Aldo venceu. Americano totalmente no sangue.

Luta bem equilibrada, bem trabada. Vamos para a decisão dos juízes.

ACABOU!

5º Round: Aldo se segura, acalma.

5º Round: É tudo ou nada de ambos!

5º Round: Vamos para o minuto final.

5º Round: Meu amigo, o rosto de Frankie Edgar puro sangue.

5º Round: Reta final e torcida inflama.

5º Round: Ambos conectam bem a direita e os dois tremem.

5º Round: Aldo anda pelo ringue, ganhando espaço e tempo.

5º Round: Edgar tenta responder, mas Aldo está bem na defesa.

5º Round: Começou o chute!

5º Round: É agora ou nunca!

Aldo mais atento, mais firme, mais agudo. Americano com o rosto bem machucado, enquanto o brasileiro está super tranquilo.

4º Round: Fim de round!

4º Round: OOOOOOOOU! Contra golpe faz Edgar sentar no chçao!

4º Round: Até aqui, a esquiva do brasileiro em dia.

4º Round: Minuto final!

4º Round: ACORDOU O MONSTRO! Sequência forte de Aldo, entrando e balançando o rival!

4º Round: Pouca açõo e muito estudo.

4º Round: Brasileiro aposta no contra golpe.

4º Round: Aldo usa pouco o chute.

4º Round: Edgar busca chute alto, mas bem defendido.

4º Round: Novamente, muito estudo e atenção dos lutadores.

4º Round: Começou!

Sem tantas emoções, ambos conectaram bons golpes, mas o americano está todo sangrando, enquanto Aldo aparenta estar muito bem.

3º Round: Terminou.

3º Round: Minuto final de round.

3º Round: Mais uma vez que Edgar tenta descer, mas Aldo novamente trava a queda.

3º Round: QUE BOMBA! Direto que doeu em mim do brasileiro no rival.

3º Round: Aldo domina o centro do round, mas conectou poucos golpes.

3º Round: OPA! Esquerda balança o brasileiro. Ele precisou respirar.

3º Round: Saem da grade e Edgar combina dois golpes firmes.

3º Round: Luta mais clinchada na grade.

3º Round: Edgar tenta por no chão, mas Aldo trava bem na grade.

3º Round: Direita e esquerda boa de José!

3º Round: Segue o combate.

Aldo apostando no contra golpe, acertando mais e se defendendo bem. Edgar tenta por no chão, mas pouco produziu neste round.

2º Round: Fim de round.

2º Round: Aldo acerta joelhada, manda no chão e se esquiva do contra ataque.

2º Round: Aldo sempre no contra ataque.

2º Round: MINHA NOSSA! Duas bombas do brasileiro balança o americano. Que devolve com um direto forte que balançou também.

2º Round: Edgar forçando pra ir ao chão, mas o brasileiro se defende perfeitamente.

2º Round: Os contra golpes de Aldo entram firme.

2º Round: E sangra bem, o americano.

2º Round: Edgar jpa começa a sangar. Tenta jogar no chão, mas não consegue.

2º Round: Bom contra ataque de Edgar. Recua Aldo.

2º Round: Edgar começa mais ativo, mas sempre acertando o vazio.

2º Round: Vamos lá!

Meu amigo, que final de combate!

​1º Round: MINHA MÃE DO CÉU! JOELHADA DAQUELAS DE JOSÉ ALDO E O AMERICANO SENTIU! Aldo seguiu firme, acerta dois belos socos, desce o rival, mas o sino toca. Fim de round!

​1º Round: BELA JOELHADA! De encontro no americano! Balnçou!

​1º Round: BELO JAB DO ALDO! Entrou gostoso no rosto.

​1º Round: Brasileiro bem seguro, mas sendo mais tocado.

​1º Round: Bons golpes de Aldo, minando a defesa de Edgar.

​1º Round: Sequência de soco e chute do americano, mas se esquivou bem Aldo.

​1º Round: Aldo marca a distância, mas sem muita agressividade.

​1º Round: Chute alto no vazio de Edgar.

​1º Round: Aldo solta a mão, mas na defesa do americano.

​1º Round: Muito estudo. Muita preocupação.

​1º Round: Edgar tenta chute baixo, mas na defesa.

​1º Round: COMEÇOU, AMIGO!

Meu amigo, se prepare por aí. O pau vai cantar em Las Vegas.

Vale o cinturão interino dos pesos pena.

Idade: 29/34
Altura: 1.70/1.67
65kg cada.

Os dois estão frente a frente. Vale cinturão! A luta vai começar!

Ao som de Rihanna. São 7 defesas bem sucedidas de cinturão. 15 vitórias na carreira.

Luzes apagadas. Lá vem José Aldo!

E entra Frankie Edgar! Chegou correndo e já foi pro ringue.

Aldo reencara Frankie Edgar. Em todas as anteriores, deu o brasileiro. Agora, vale cinturão novamente, após confusão com o atual campeão Conor McGregor.

Agora se prepare por aí porque é hora de José Aldo! O retorno do campeão após derrota para Conor McGregor.

Na primeira luta do card principal, nem deu tempo pra respirar. Cain Velasquez dominou Travis Brown e venceu sem dificuldades.

"Eu tenho muito respeito pelo Travis. É muito bom voltar e estar nesse lugar com tudo mundo aqui. Estou sempre na busca da perfeição. Recuperei o tempo perdido e o que o UFC quiser, estou pronto. Mas quero enfrentar os melhores."

QUE IGNORÂNCIA! Meu amigo, uma direta de direita e um chute rodado de direita lindo de se ver que deixou o americano bambo de uma forma que só foi cair por cima e sentar mão. Nos segundos finais, Jhon McCarthy encerrou a luta por nocaute técnico.

ACABOU! CAIN VELASQUEZ VENCE A LUTA!

1º Round: MEU DEUS! Uma e duas pancadas de direita que Browne nem sabe onde está!

1º Round: Browne se segura como pode, usando o ground and pound.

1º Round: Um minuto restante e o mexicano busca encaixar o estrangulamento.

1º Round: MINHA NOSSA! Velasquez encaixa uma bomba de direita, balança o rival, segue forte, amassa e fica por cima no chão!

1º Round: Boa sequência de diretos de Cain, entrando na defesa.

1º Round: Os dois lutadores se agarram na grade e Browne trava aluta.

1º Round: Belo direto do mexicano! Entrou na fuça de Browne.

1º Round: Velasquez força diretos e Browne se fecha na defesa.

1º Round: Começou!

Apresentados os lutadores. O bicho vai pegar!

33 anos cada. 1.88 contra 2 metros de altura. Duelo gigantesco pelo pesos-pesados.

O octógono está pintado de dourado em alusão ao evento número 200.

O ex-campeão dos pesados encara um lutador que tem feito estrago na categoria.

Cain Velasquez x Travis Browne!

A primeira luta vai começar!

Novos campeões, novos lutadores, novos eventos, maiores expansões. O UFC cresceu demais e a hora de inovações estão chegando.

Sete anos depois do UFC 100, as cortinas se fecham, o octógono se fecha para uma nova era. 

Cinco lutas. Cinco disputas daquelas! Teremos Cain Velasquez, teremos JOSÉ ALDO, ANDERSON SILVA, BROCK LESNAS e AMANDA NUNES no evento principal!

E o momento está chegando. O card principal do evento mais importante da história do UFC!

Lembrando que logo mais teremos uma cobertura minuto a minuto do card principal com todos os detalhes, soco a soco.

E o segundo round começou.

E Raphael agride mais, balança o americano, mas o sino bate e termina o primeiro round.

O americano passa0 a agredir mais, mas entra na defesa do brasileira.

TJ brinca muito, provoca, tenta desconcentrar.

O brasileiro força buscando o chute e domina o centro.

Neste momento, Tj Dillashaw e Raphael Assunção começam mais uma luta do card preliminar.

Boa noite, torcedor! Acompanhe agora as lutas do UFC 200 e em tempo real na VAVEL Brasil! Fique conosco!

A luta entre os pesados Brock Lesnar e Mark Hunt pelo histórico UFC 200 promete e muito. Primeiro, por conta dos grandes duelos já vividos nas carreiras dos dois atletas, dentro e fora do Ultimate. Em segundo lugar, devido ao apelo comercial e o sucesso nas vendas de pacotes pay per view gerado por Lesnar, sendo ele um dos recordistas da organização nesse aspecto e estrela da empresa de pro-wrestling WWE.

Mark Hunt provoca Brock Lesnar antes do UFC 200: "Dopado até a raiz do cabelo"

Mas, um último ingrediente foi lançado pelo neozelandês Hunt, nesta semana. Em entrevista a FOX Sports Australiao lutador fez uma acusação bombástica direcionada ao oponente do dia 9 de julho. Para ele, Brock estaria sob efeito de substâncias proibidas.

"Eu acho que ele está dopado até a raiz do cabelo, mesmo assim acho que vou nocauteá-lo. Adoro competir, mas não acho que seja justo. Acho que a situação é completamente antiesportiva, mas isso não significa que ele não vá ser nocauteado. Não acho que ele deveria ficar imune do período de quatro meses de testes, se não todos também deveriam ser liberados", disparou Mark.

A insatisfação do "Super Samoan" se deve por causa da exceção aberta pelos executivos do Ultimate junto a USADA (Agência Antidoping Americana)  para que Brock seja liberado para o combate sem passar pelo padrão de quatro meses de testes antidoping, afinal o confronto entre eles está marcado já para o mês de julho, logo não haveria tempo suficiente para que tal medida fosse aplicada até o fim,

"Para falar a verdade, é uma palhaçada. Não acho que ninguém deva deixar de ser testado. Se querem limpar o MMA, essa é a pior forma de fazê-lo. Não importa quem você seja, tem que ser testado. É ridículo. Já disse o que pensava para Dana sobre o assunto", completou.

Brock Lesnar ainda tem contrato com a WWE. O lutador voltará a competir pela empresa no pay-per-view SummerSlam, que acontecerá dia 21 de agosto.

Anderson Silva substitui Jon Jones no combate contra Daniel Cormier no UFC 200

Se uma bomba caiu no mundo do MMA, na noite desta quarta-feira, com a divulgação de mais um caso de doping de Jon Jones, o UFC parece ter trabalhado rápido no anúncio do substituto do duelo contra Daniel Cormier.

E o combate promete. Nada mais e nada menos do que o maior lutador de MMA da história. Anderson Silva retorna aos octógonos após uma cirurgia de hérnia que o tirou de ação do UFC Curitiba, meses atrás. O brasileiro será o rival do atual campeão dos meio-pesados, que encararia Jon Jones para saber o verdadeiro campeão.

Segundo o site combate.com, ainda não há uma definição sobre o peso e a quantidade de rounds. A luta principal da edição 200 terá Brock Lesnar x Mark Hunt. Muito provavelmente Spider x Cormier será o co-evento da noite. Ainda no card principal, a brasileira Amanda Nunes encara Miesha Tate pelo cinturão feminino, enquanto José Aldo volta às lutas encarando o rival Frankie Edgar, pelo cinturão dos leves, no que pode ser o retorno do cinturão. Las Vegas será o palco do evento mais importante até o momento da compania.

O ex-campeão dos médios e um dos principais nomes do UFC não entrará num mundo desconhecido. Por algumas vezes, Anderson encarou uma luta num peso acima do seu. Foram vitórias contra Stephaan Bonnar, Forrest Griffin e James Irwin. Mas o brasileiro não vem bem. De suas últimas lutas, uma sem resultado (no retorno, por doping contra Nick Diaz) e uma derrota (a última, contra Michael Bisping). Portanto, esse provável duelo será de suma importância para o futuro de Spider no UFC hoje.

Em busca de redenção, José Aldo enfrenta Frankie Edgar no UFC 200 ao vivo

Outros grandes lutadores presentes no card principal são José Aldo e Frankie Edgar. Antigos detentores de cinturões - o brasileiro já foi o campeão entre os penas e o americano nos leves - os dois atletas vão se enfrentar pela segunda vez. No primeiro encontro, vitória do manauara por decisão unânime, quando ainda era o dono do título de sua categoria.

Após a marcante derrota para Connor McCregor no UFC 194, José Aldo busca a recuperação e a luta deste sábado tem uma grande importância, já que vai valer o cinturão interino. Desta forma, a tendência é de que o vencedor enfrente o irlandês pela disputa do cinturão linear da categoria.

Há uma expectativa em ver a postura do lutador da Nova União dentro do octógono após uma derrota e consequente perda de cinturão após um duelo de apenas 13 segundos. Nos últimos tempos, alguns lutadores brasileiros sofreram derrotas que os fizeram perder grande parte do brilho que era comum em seus desempenhos nas lutas. Como exemplo, Anderson Silva, Junior Cigano e Renan Barão, que após perderem seus respectivos cinturões, nunca mais conseguiram uma performance de alta qualidade.

A favor de José Aldo, há o tempo de recuperação psicológica desde o revés, o lançamento de seu filme nos cinemas brasileiros, o que ajuda a dar ânimo, e a certeza de que é possível vencer Frankie Edgar, visto que já fizera isto no UFC 156, realizado em 2013.

Outro fator importante é a motivação. Se antes José Aldo já desejava a revanche contra McGregor, esta vontade aumentou ainda mais depois de ver o irlandês sofrendo uma derrota para Nate Diaz por finalização. Fez o atual detentor do cinturão dos penas perder uma certa aura que o cercava, humanizando-o e assim trazendo maior confiança em uma eventual revanche.

Porém, antes disto acontecer, é preciso bater Frankie Edgar. O lutador americano vem de uma sequência, com cinco vitórias consecutivas sobre atletas de alto nível: Charles Oliveira, BJ Penn, Cub Swanson, Urijah Faber e Chad Mendes. Estes dois últimos são os mais gabaritos, porém também já foram derrotados por José Aldo.

Dedé Pederneiras, treinador do brasileiro, já conhece muito bem o jogo de Frankie Edgar, que não mudou muito desde o primeiro embate entre os dois. Portanto, José Aldo a princípio já sabe quais são as melhores armas para vencer seu adversário de sábado. O fator psicológico vai ser de extrema importância neste confronto e determinar o vencedor.

UFC 200: 9 de julho de 2016, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h de Brasília): Peso-galo: Miesha Tate x Amanda Nunes; Peso-pesado: Brock Lesnar x Mark Hunt; Peso-meio-pesado: Daniel Cormier x Anderson Silva; Peso-pena: José Aldo x Frankie Edgar; Peso-pesado: Cain Velásquez x Travis Browne

CARD PRELIMINAR (a partir de 20h de Brasília): Peso-galo: Cat Zingano x Julianna Peña; Peso-meio-médio: Johny Hendricks x Kelvin Gastelum; Peso-galo: TJ Dillashaw x Raphael Assunção; Peso-leve: Sage Northcutt x Enrique Marin; Peso-leve: Diego Sanchez x Joe Lauzon; Peso-médio: Gegard Mousasi x Thiago Marreta; Peso-leve: Jim Miller x Takanori Gomi