Spider tenta voltar à boa fase em luta contra Cormier no UFC 200

Após a saída de Jon Jones, o brasileiro conta com sua grande vontade (e um pouco de sorte) para vencer a luta de sábado

Spider tenta voltar à boa fase em luta contra Cormier no UFC 200
(Foto: Divulgação/UFC)

Após ver Jon Jones fora do card principal do UFC 200 contra Daniel Cormier, o curitibano Anderson Silva não hesitou em aceitar sua chance de lutar de novo no Ultimate. O brasileiro lutará no evento desde sábado (9) em Las Vegas, na MGM Grand Arena, contra uma categoria diferente da sua: a dos meio-pesados. Além disso, o atleta vem de três derrotas consecutivas, incluindo a perda de seu cinturão. No entanto, Spider contou em entrevista que se está pronto para o teste que será o combate.

Spider tem um carreira brilhante no UFC. No período de 2006 a 2012, foram 16 vitórias consecutivas na competição, a maioria decidida por nocaute. O cinturão dos médios foi de Anderson durante toda essa época, até a luta em julho de 2013, quando perdeu seu título de campeão para o americano Chris Weidman. Em dezembro do mesmo ano, Silva tentou recuperar o cinturão mas foi nocauteado novamente por Weidman e saiu do octógono de maca - o atleta sofreu uma fratura chocante em um chute.

Anderson se recuperou da lesão e em janeiro de 2015 se preparava para lutar contra Nick Diaz quando foi flagrado no exame antidoping e não participou do UFC 183.  Seu retorno ao Ultimate foi somente em fevereiro de 2016, contra o inglês Michael Bisping mas perdeu por decisão unânime dos juízes. Spider lutaria no UFC 198, em sua cidade natal, Curitiba, mas por causa de dores abdominais não pode participar.

Hoje, após uma cirurgia na qual retirou a vesícula bilar e sem o mesmo preparo físico de Cormier, Silva não é o favorito para a vitória. O convite há dois dias da luta era uma vontade do brasileiro mas ele enfrentará um atleta mais pesado e mais bem preparado. Além disso, Cormier é o dono do cinturão dos meio-pesados e vem de duas vitórias consecutivas no UFC.

No entanto, o que acontecerá no octógono nesta noite é imprevisível. Mesmo sem disputa de cinturão, a luta será assistida de perto pelos amantes de MMA e é uma excelente oportunidade para Spider voltar às vitórias no Ultimate.