Novo campeão dos meio-médios, Tyron Woodley visa futuro: "Quero enfrentar Diaz ou St. Pierre"

No card principal do UFC 201, Woodley usou da força do seu cruzado de direita e conquistou o cinturão depois de mais de um ano afastado

Novo campeão dos meio-médios, Tyron Woodley visa futuro: "Quero enfrentar Diaz ou St. Pierre"
Lawler foi nocauteado no primeiro round (Foto: Getty Images)

Após a madrugada desse sábado, o Ultimate tem um novo campeão dos meio-médios. Depois de um ano e meio afastado por causa de lesões, Tyron Woodley venceu o ex dono do cinturão Robbie Lawler com um nocaute aos 2m12s ainda no primeiro round. A luta aconteceu em Atlanta, nos Estados Unidos e foi parte do card principal do UFC 201.

Woodley não era o vencedor esperado pela torcida. No entanto, depois de um poderoso cruzado de esquerda que deixou Robbie no chão, o americano cumpriu a promessa feita antes da luta, de chocar o mundo em Atlanta. O americano de St. Louis comentou sobre a luta e o novo posto: “Você disse 'o novo' e eu digo 'obrigado, Deus'. Essa não seria a minha primeira escolha de luta, já que ele é meu amigo, mas eu tinha a visão desse cinturão em mim há muito tempo. Quando eu vi a abertura para encaixar a mão direita, algo me disse para eu continuar. Ele tinha o cinturão e eu estava aqui para consegui-lo”.

“Eu estava relaxado. Eu sabia o que Robbie traria para a luta. Ele é um competidor difícil. Desde que eu pisei no octógono, eu tinha essa missão. Isso é incrível”, completou o lutador, emocionado.

Sobre o futuro, Tyron disse que quer enfrentar Nick Diaz ou George St-Pierre“Eu acho que Nick Diaz está fora da suspensão em dois dias. Eu adoraria lutar contra ele no UFC 202. Acho que ele merece. Ele é um cara que está no esporte há muito tempo, coloca várias pessoas nas cadeiras, vende muito no pay-per-wiew.”.

“Ou eu gostaria de lutar contra George St. Pierre em Nova York. Stephen Thomspon disse que ele gostaria de lutar contra Robbie Lawler. Ele disse quer seria uma disputa melhor, que os fãs estariam animados de ver. Ele terá a oportunidade para essa luta.”, declarou Woodley.

Lawler defendeu o cinturão com sucesso duas vezes, mas o lutador não conseguiu fugir da bomba que Woodley acertou em seu rosto e comentou sobre isso após a luta: “Eu me sinto bem, apesar de ter sido atingido pela velha bomba T-Wood. Ele tirou vantagem de uma oportunidade que apareceu, me deu um belo soco e finalizou o trabalho. Eu me sentia ótimo antes da luta, então não tenho desculpas. Eu me distraí um pouco e fui atingido. Era a noite dele.”, disse o ex campeão.

Questionado sobre o seu futuro, Robbie disse que merece a chance de disputar o cinturão: “Obviamente eu penso em voltar o quanto antes e voltar a vencer. Merecer e ter uma chance de disputar o cinturão são duas coisas diferentes, mas eu acho que mereço. É isso que eu faço para viver e, apesar dele ser meu amigo, não teria problemas em fazer o mesmo que ele fez comigo. Vamos ver o que acontece”.