Combates do boxe têm reedição de final de pré-olímpico africano como melhor luta

Sem participação de brasileiros, boxe seguiu com lutas no Riocentro

Combates do boxe têm reedição de final de pré-olímpico africano como melhor luta

O segundo dia de lutas no boxe, disputado mais uma vez no Riocentro, teve combates das categorias ligeiro (60kg), meio-médio (69kg), meio-pesado (81kg) e pesado (91kg), em escala parecida com a do primeiro dia. A primeira luta já teve alguma discussão a respeita do resultado. O holandês Enrico Lacruz venceu o lutador da Taipei Chinesa Lai Chu-En por decisão dividida dos juízes, mesmo tendo aparentemente vencido o combate sem muito espaço para dúvida. Na segunda, um lutador de Papua Nova Guiné, Thadius Katua, teve muito apoio da torcida ao lutar contra o russo Adlan Abdurashidov, que demonstrou superioridade técnica e acabou saindo com a vitória.

Na terceira luta, tivemos trocação franca entre Mahmoud Abdelaal, do Egito e Reda Benbaziz, da Argélia, que conseguiu um knockdown sobre seu adversário logo no primeiro round. Benbaziz foi mais agressivo e certeiro no segundo round e também levou o mesmo. Numa estratégia de "tudo ou nada", precisando de um nocaute para vencer, o egípcio Abdelaal partiu pra cima e também conseguiu um knockdown sobre seu oponente restando 1 minuto para o fim da luta, mas não teve tempo para conseguir a vitória. Ponto importante a se destacar é que Benbaziz conseguiu vencer seu rival depois de ter perdido para o mesmo na final do pré-olímpico africano.

Um destaque importante a se fazer é em relação à torcida presente nas arquibancadas: os fãs da nobre arte estavam apoiando sempre o lutador considerado mais fraco, de países menores ou com menos tradição, como lutadores da Papua Nova Guiné e do Quênia, principalmente quando esses lutavam contra países mais tradicionais, como a Rússia ou os Estados Unidos. De forma bastante empolgada, os torcedores presentes fizeram a festa mesmo sem brasileiros lutando nos ringues hoje (7). O equatoriano Carlos Mina fez sucesso e a torcida entoou a música "Brasília Amarela", da banda Mamonas Assassinas. O apoio inusitado parece ter dado certo, já que o boxeador venceu sua luta

Veja agora os resultados de todas as lutas. Os lutadores em negrito venceram os seus combates:

Enrico Lacruz (HOL) x Lai Chu-En (TPE)
Thadius Katua (PNG) x Adlan Abdurashinov (RUS)
Mahmoud Abdelaal (EGI) x Reda Benbaziz (ALG)
Rayton Okwiri (QUE) x Andrei Zamkovoi (RUS)
Tuvshinbat Byamba (MGL) x Alberto Palmetta (ARG)
Zohir Kedache (ALG) x Steven Donnelly (IRL)
Eimantas Stanionis (LTU) x Wei Liu (CHI)
Serge Michel (ALE) x Carlos Mina (ECU)
Kennedy Katende (UGA) x Joshua Buatsi (GBR)