Michel Borges vence boxeador croata e avança às quartas de final na categoria dos meio-pesados

Brasileiro precisa de mais uma vitória para garantir medalha

Michel Borges vence boxeador croata e avança às quartas de final na categoria dos meio-pesados
Michel Borges em treinamento dos brasileiros que representam o país no boxe. Lutador está nas quartas de final (

A competição do boxe olímpico começa a se afunilar, tendo cada vez mais lutadores ficando pelo caminho e poucos restado. Na categoria do peso mosca-ligeiro (46-49kg), já tivemos na manhã de hoje (10), as quartas de final, com duas lutas e uma semifinal já decidida. É importante destacar que, pelas regras do boxe nos Jogos Olímpicos Rio 2016, todos os boxeadores que se classificarem para as semifinais têm uma medalha garantida, já que os perdedores das semifinais não lutarão entre si pelo bronze, com duas medalhas dessa variação sendo distribuídas em cada categoria.

A primeira luta das quartas foi entre o cubano Joahnys Argilagos e o queniano Peter Warui. O combate colocou dois lutadores que caíram nas graças da torcida, um pelo seu boxe agressivo e até mesmo pelas "firulas" dentro do ringue e o outro por conta da lógica que seguiu a torcida presente no pavilhão 6 do Riocentro: a de torcer por países com menor tradição em Olímpiadas. Warui chegou a lutar ao som dos gritos de "Olê, olê, olê, olá, Quênia, Quênia", na sua estreia. No entanto, a torcida não esboçou um lado nessa luta entre Argilagos e o queniano.

Dentro do ringue, o cubano, tricampeão mundial, partiu pra cima do seu adversário e dominou a luta. Mostrando superioridade técnica, controlou seu oponente e foi mais eficiente na hora de golpear. Logo no primeiro round, começou a trabalhar o jogo de pernas, fazendo uma graça para a torcida, como verdadeiro showman, tendo sua atenção chamada pelo técnico, que pedia para o lutador se poupar, no intervalo. Os outros dois rounds foram mais do mesmo e Argilagos garantiu vaga na semifinal vencendo por decisão unânime dos juízes.

A segunda luta trazia ao ringue o colombiano Yuberjén Herney Martinez, algoz do brasileiro Patrick Lourenço e o espanhol Samuel Carmona Heredia. Desde o começo da luta, Martinez tentou pressionar e impôr seu boxe agressivo, mas o espanhol mostrou inteligência e demonstrava estar preparado, contra-golpeando bem e aproveitando as chances de dominar o centro do ringue. O segundo round manteve o ritmo de trocação intensa e a pontuação dos juízes seguiam mostrando o quanto a luta era parelha: dois dos três juízes apontavam o empate e o terceiro round decidiria a contenda. O terceiro round também foi muito equilibrado e, em decisão dividida, quem saiu com a vitória foi Yuberjén Martinez, já classificado para as semfinais.

A maior expectativa fica por conta da luta do brasileiro Michel Borges. Depois de ter eliminado o profissional Hassan N'Jikam, o boxeador enfretava o croata Hrvoje Sep. O primeiro round foi bastante duro, mas Michel se aproveitou de sua maior agilidade, acertou bons golpes e garantiu a vitória na pontuação de todos os juízes. A tônica do segundo round não mudou muito, apesar de o croata ter partido pra cima e tentado golpear bastante. Michel trabalhava bem sua movimentação e a maior parte dos golpes do croata parava na sua guarda, fato que o levou a também vencer o segundo assalto. O último round, para o brasileiro, se resumiu a administrar a vantagem. Michel buscou bastante o clinch, tentando fazer o relógio correr, enquanto golpeava no contra-ataque. Foi o suficiente para vencer a luta por 29-28.

Com a vitória, Michel avançou para as quartas de final da categoria dos meio-pesados (81kg). O lutador agora precisa de apenas mais uma vitória para ter a certeza de que será medalhista nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Sua próxima luta acontecerá no próximo domingo (14), com horário programado para as 13h45.