Michel Borges faz luta conservadora e acaba eliminado no boxe

Boxeador acabou caindo nas quartas de final contra cubano

Michel Borges faz luta conservadora e acaba eliminado no boxe
Michel Borges (de azul) com a guarda fechada enquanto La Cruz (vermelho) golpeia. Síntese do combate (Foto: Yuri Cortez/AFP/Getty Images)

O último brasileiro a lutar na primeira parte de competições foi o meio-pesado Michel Borges. O carioca, nascido e criado no morro do Vidigal, enfrentou outro cubano: Julio Cesar La Cruz, buscando garantir ao menos a medalha de bronze. O adversário já havia perdido para um brasileiro em Londres 2012, sendo derrotado por Yamaguchi Falcão, que acabou sendo medalhista de bronze naquela edição dos Jogos Olímpicos. Michel visava repetir o feito, já que bastava vencer o cubano para conseguir ir às semifinais, garantindo uma medalha por conta das regras do esporte, que distribui o bronze para os derrotados nas semifinais.

Michel foi ovacionado no momento de seu anúncio e parece ter absorvido a energia que vinha das arquibancadas. O primeiro round ficou marcado por muito estudo por parte dos dois boxeadores, que não se arriscavam nem um pouco, chegando a obrigar o árbitro a pedir mais combate. O brasileiro veio com uma estratégia muito bem definida, se fechando na defesa e buscando o contragolpe, golpeando bem. No entanto, o primeiro assalto ficou para o cubano, na visão de todos os três juízes.

O segundo round manteve a mesma dinâmica do primeiro, com Michel extremamente fechado e La Cruz partindo para cima com a guarda baixa, tentando atrair o brasileiro enquanto parecia dançar no ringue, provocando o brasileiro. A estratégia continuou a mesma até o fim e, depois de perder os dois primeiros assaltos, Michel acabou não conseguindo levar o terceiro assalto, perdendo por 30-27 na pontuação de todos os juízes, não conseguindo avançar para as semifinais e perdendo a chance de conseguir uma medalha.

A primeira parte dos combates também reservava a primeira final do boxe na Rio 2016. A decisão do peso mosca ligeiro encerrou os combates, distribuindo a primeira medalha de ouro do boxe. Yuberjén Herney Martinez, da Colômbia, enfrentou Hasanboy Dusmatov, que representa o Uzbequistão. Com muita agilidade, os dois lutadores fizeram combate bem equilibrado, com bastante trocação, sem se esconder da luta. No fim, vitória para o uzbeque, que conseguiu o primeiro ouro de seu país nessa edição dos Jogos Olímpicos.