Ciclismo de pista estreia com Reino Unido conquistando ouro e quebrando recorde olímpico

Na prova que inaugurou oficialmente o Velódromo Olímpico do Rio, equipe do Reino Unido conquistou a terceira medalha em sua história nos Jogos

Ciclismo de pista estreia com Reino Unido conquistando ouro e quebrando recorde olímpico
Equipe britânica, tricampeã Olímpica na Rio 2016. Foto: Bryn Lennon/Getty Images

O ciclismo de pista, modalidade que é dividida em cinco tipos de prova, teve sua estreia nesta quinta-feira (11). A primeira das provas foi a de velocidade por equipes, realizada em três etapas. 

Logo na primeira delas, houve quebra de recorde olímpico. A equipe do Reino Unido, composta por Ethan Mitchel, Sam Webster e Jason Kenny, completou a etapa de classificação em 42,56 segundos. Atrás deles vieram a Nova Zelândia, com a marca de 42,67. 

Na segunda fase de classificação, duas equipes entraram em cada um dos lados da pista, por ordem de classificação. Das oito equipes, as quatro que completaram a prova em menor tempo foram classificadas para as finais e disputaram por medalhas. 

Desta vez, Nova Zelândia quebrou o recorde do Reino Unido na fase anterior, com 42,53 segundos, classificando-se para a disputa pelo ouro contra os britânicos. 

França e Austrália tiveram a terceira e quarta colocação, respectivamente, e entraram na briga pelo bronze. Quem levou foram os franceses, com o tempo de 43,14 segundos. A equipe adversária fez a prova final em 43,29 segundos. 

Pela terceira Olimpíada consecutiva, os britânicos conquistaram a medalha de ouro e quebraram o recorde dos neozelandeses, atingindo a marca de 42,44 segundos. Os medalhistas de prata finalizaram com 42,54. 

O último atleta a deixar a pista na equipe britânica foi Jason Kenny, que além de garantir o ouro para seu país também em Pequim e Londres, conquistou a prata em 2008 e o ouro em 2012, na velocidade individual.