Brasileiros seguem na disputa por medalhas no decatlo e lançamento de martelo

País também teve representante na final dos 3000m com obstáculos, prova que teve recorde olímpico quebrado

Brasileiros seguem na disputa por medalhas no decatlo e lançamento de martelo
Wagner Domingos na competição do lançamento de martelo (Foto: Franck Fife/AFP/Getty Images)

A manhã do atletismo trouxe aos espectadores presentes no Engenhão mais algumas provas eliminatórias, além das primeiras competições do decatlo, com direito à participação do brasileiro Luiz Alberto de Araújo nessa modalidade. Outros destaques brasileiros para as competições eram Wagner Domingos, no arremesso de martelo, e Flávia de Lima, correndo na sétima bateria dos 800m rasos, buscando uma qualificação para as semifinais da prova. A parte matutina das competições do atletismo foram boas para os brasileiros, que conseguiram bons resultados tanto na pista quanto no campo.

Wagner Domingos, o "Montanha", participou das primeiras eliminatórias do lançamento de martelo, sendo encaixado no grupo A. O simples fato do brasileiro estar disputando a prova dentro dos Jogos Olímpicos Rio 2016 já era histórico, visto que nenhum brasileiro havia conseguido índice desde a Olimpíada de Los Angeles, disputada em 1932, quando Carmine di Giorgi esteve presente. Detentor dos recordes brasileiro e sul-americano, Wagner conseguiu fazer uma excelente prova nessa manhã e, com a marca de 74.17, avançou à final com tranquilidade, sendo o primeiro colocado de sua eliminatória e nono no geral. A briga por medalha continuará na sexta-feira (19), com horário programado para as 21h05.

Já nos 800m rasos feminino, Flávia de Lima correu na sétima e penúltima bateria, brigando por uma vaga nas semifinais da prova. As duas melhores colocadas em cada bateria garantiam a vaga direta para a fase seguinte. A brasileira, medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, acabou não conseguindo vaga para as semifinais, fechando sua série na última colocação. Flávia chegou a fazer sua melhor marca na temporada, terminando com o tempo de 2:03.78, insuficiente para a classificação.

Outra participação brasileira aconteceu na prova dos 3000m com obstáculos. O queniano Conseslus Kipruto fez prova brilhante e, depois de brigar o tempo inteiro com Evan Jager, dos Estados Unidos, e Ezekiel Kemboi, também do Quênia, conseguiu abrir no fim e levou a medalha de ouro, batendo também o recorde olímpico da prova, terminando com o tempo de 8:03.28. A prata foi para os EUA e Kemboi completou o pódio, levando o bronze. O brasileiro Altobeli da Silva terminou na 11ª posição, marcando o tempo de 8:26.30, sua melhor marca pessoal.

No decatlo, Luiz Alberto de Araújo teve um bom começo de dia e, após as provas dos 100m rasos e do salto em distância, se encontrava na oitava colocação, com 1842 pontos acumulados. A liderança era do americano Ashton Eaton, com 2030 pontos. O brasileiro ainda buscava uma vaga no pódio, já que o alemão Kai Kazmirek ocupava a terceira colocação com a marca de 1892 pontos.  O arremesso de peso serviu para impulsionar o brasileiro. Com boa marca, chegou à quarta colocação, acumulando 2648 pontos. O terceiro.colocado passou a ser Kevin Mayer, francês, com 2699 pontos. A segunda posição é do canadense Damian Warner, que tem 2708 pontos. As provas do decatlo masculino voltam ainda hoje (17), às 17h45, com o arremesso de peso.