Speedo anuncia fim de patrocínio a Ryan Lochte

A marca publicou nota oficial no Twitter na tarde desta segunda-feira

Speedo anuncia fim de patrocínio a Ryan Lochte
(Foto: Divulgação/Speedo)

Ryan Lochte perdeu o primeiro patrocinador após o escândalo no Brasil. A Speedo USA anunciou na tarde desta segunda-feira (22) que está retirando oficialmente a parceria com o atleta. O nadador, que inventou um assalto com outros três companheiros de equipe, foi duramente criticado pela imprensa e pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos.

A mentira de Ryan Lochte no Rio de Janeiro rendeu mais um problema para o nadador. Pela repercussão negativa, além de levar uma bronca oficial do Comitê Olímpico dos Estados Unidos e de ser massacrado pela imprensa internacional, Lochte perdeu agora um de seus grandes patrocínios. A Speedo USA, marca de roupas esportivas, anunciou em sua conta no Twitter que não será mais parceira do atleta.

Leia: Polícia afirma que nadadores norte-americanos mentiram sobre roubo

Lochte já era conhecido antes dos Jogos Olímpicos por sua extravagância, seu jeito festeiro e chamativo, o que o fazia ser alvo de grandes campanhas publicitárias. O atleta ainda tem patrocínios milionários com empresas como Gillette, Gatorade, Ralph Lauren, Nissan e AT&T. Ele ainda pode sofrer as consequências de seus atos no Brasil e perder mais contratos.

Logo que o caso começou a ser investigado, a Speedo já havia falado que estava acompanhando a situação de perto e não comentaria sobre a investigação judicial até que ela fosse resolvida. A Ralph Lauren disse que estava trabalhando com o Comitê Olímpico dos Estados Unidos para resolver o caso. A única que se manteve, a princípio, ao lado do atleta foi a Airweave, que afirmou seu apoio e o acordo enquanto ele for eficaz.

O Comitê norte-americano afirmou que tomará as medidas possíveis para punir Lochte e os outros nadadores envolvidos pelos atos irresponsáveis cometidos no Brasil.

E mais: Comitê Olímpico dos Estados Unidos e Ryan Lochte pedem desculpas ao Brasil

Confira a nota completa:

"A Speedo USA anuncia hoje a decisão de finalizar o patrocínio a Ryan Lochte. Como parte da decisão, a Speedo USA vai doar US$50,000, uma parte do dinheiro de Lochte, para a Save The Children, instituição global de caridade que é parceira da Speedo USA, para as crianças do Brasil. Mesmo que tenhamos aproveitado uma relação vitoriosa com Ryan por quase uma década e ele era um membro  importante para o time Speedo, não podemos aceitar um comportamento que vai contra os valores que essa marca apoia por tanto tempo. Agradecemos suas conquistas e esperamos que ele siga em frente e aprenda com essa expeciência".

*Atualização: Ralph Lauren, Airweave e Syneron Candela também cancelaram o patrocínio de Ryan Lochte. Estima-se que o nadador teve prejuízo de US$ 1 milhão. Em comunicado oficial, a Ralph Lauren falou que "continua orgulhosamente a patrocinar os atletas olímpicos e paralímpicos do time americano e valoriza os atletas que vestem essa marca. O contrato com Ryan Lochte, feito especificamente para a Rio 2016, não será renovado".