Lauro Chamun conquista prata na prova de estrada do Ciclismo

Brasileiro ganhou seu primeiro bronze paralímpico na quinta-feira e subiu pela segunda vez ao pódio neste sábado

Lauro Chamun conquista prata na prova de estrada do Ciclismo
(Foto: Alex Ferro/Rio2016)

No último dia de provas do ciclismo paralímpico, o brasileiro Lauro Chamun voltou ao subir no pódio, desta vez com a medalha de prata na prova do C4-15. Na última quinta-feira (15), Lauro alcançou o terceiro lugar na prova de contrarrelógio.

Chamun permaneceu em primeiro lugar nas parciais da maior parte da prova. Foi apenas nas últimas voltas que o holandês Daniel Abraham Gebru tomou a dianteira para a conquista do ouro. O bronze ficou com o italiano Andrea Tarlao

É a segunda medalha paralímpica do brasileiro. Suas conquistas nesta paralimpíada são consideradas um grande passo para o esporte no país. 

Foi nesta mesma prova o acidente que tirou a vida do iraniano Brahman Golbarnezhad. O atleta perdeu o controle da bicicleta no trecho do percurso que passa pelo Recreio e foi levado ainda com vida ao hospital, porém não resistiu. 

No C4-5 feminino, a britânica Sarah Storey conquistou sua quinta medalha de ouro. A prata da categoria ficou com a polonesa Anna Harkowska e o bronze com Crystal Lane, também do Reino Unido. 

O britânico Steve Bate e o holandês Vincent ter Schure voltaram a conquistar medalhes: ter Schure com o ouro e Bate com o bronze na classe B. A prata foi para a Espanha com Ignacio Avila Rodriguez.

No feminino da classe B, venceu a polonesa Iwona Podkoscielna, seguida por Katie George Dunlevy, da Irlanda e a neozelandesa Emma Foy