Com estratégia ousada, Sérgio Jimenez volta a ficar entre os 10 primeiros em Santa Cruz

Popó Bueno também marca pontos na primeira corrida na pista gaúcha, após chegar em 15º. Próxima etapa será no dia 26 de junho, em Tarumã (RS).

Com estratégia ousada, Sérgio Jimenez volta a ficar entre os 10 primeiros em Santa Cruz
(Foto: Vanderley Soares)

Voltando a figurar entre os 10 primeiros, Sérgio Jimenez tem muito o que comemorar depois da quarta etapa da Stock Car, disputada neste domingo (5) em Santa Cruz do Sul no Rio grande do Sul. Depois de largar em 13º na corrida 1, Jimenez partiu para cima, disposto a avançar na corrida. E foi o que fez, para chegar em nono. 

O piloto de Piedade conduziu bem seu Stock #73 para cruzar em nono e garantir o segundo lugar no grid para corrida 2. Jimenez e a equipe ousaram na estratégia e não fizeram a pausa para reabastecimento e troca de pneus na corrida 1. Na segunda prova do dia, Jimenez tinha bom ritmo, era um dos mais rápidos na pista, chegou a liderar a prova. Mas, como não tinha parado na corrida 1, ele sabia que precisaria fazer a parada na segunda bateria, mas essa pausa demorou uma volta a mais para acontecer, e não foi possível ao paulista brigar por posição melhor. Jimenez não completou devido a uma pedra no radiador. Mesmo assim, ele faz um balanço positivo da etapa, saindo de Santa Cruz com a sensação de objetivo cumprido. 

"Acho que fizemos um bom final de semana. Crescemos mais um pouco hoje. Tínhamos um ritmo bom, com condição de brigar ali pelo sexto lugar na primeira bateria. Evoluímos o carro, e andamos bem para chegar em nono. Na segunda corrida, assumimos o risco de largar nas condições que estávamos. Mesmo assim, eu era um dos mais rápidos na pista, e arriscamos por ficar mais tempo na pista, passando uma volta a mais, porque eu poderia ter parado um pouco antes. Na última volta bateu uma pedra no radiador e vazou água, colocando o carro em modo de segurança. Então eu não terminaria, de qualquer forma", analisou o piloto paulista. 

"Porém, mais uma vez o objetivo foi cumprido. E, estamos mais próximos do pessoal da frente. Estamos fazendo um bom trabalho, crescendo como equipe pouco a pouco. Lideramos uma corrida e não foi por acaso, andamos forte e rápido e temos que continuar assim focados para buscar o melhor resultado e quem sabe a vitória", comentou Jimenez. 

Popó Bueno também pontuou em Santa Cruz. O carioca completou a primeira corrida em 15º, depois de largar atrás (em 23º). Na corrida 2, o piloto do carro #74 acabou abandonando a disputa. 

Bueno não ficou tão satisfeito com seus resultados na quarta etapa. Mas acredita que um bom trabalho da equipe na oficina pode ajudá-lo a avançar nas próximas rodadas. "Escolhemos um carro para a corrida que não funcionou tão bem para as características desta pista de Santa Cruz. E, por isso, não consegui avançar muito. Usamos a estratégia para chegar nos pontos na corrida 1, o que foi bom. Para a segunda corrida, sabíamos que não teríamos combustível para ir até o final e teríamos que parar. E mexemos um pouco no carro, mas não surtiu muito efeito e tínhamos poucas condições de avançar, por isso, decidi abandonar. Mas, acredito que com um bom trabalho da equipe na oficina, podemos chegar com o carro mais equilibrado para a próxima etapa", comentou o dono do Stockão #74.